Associação Esportiva Sapiranga

Associação Esportiva Sapiranga

Foi fundada em 07/08/1945 com o nome de Grêmio Esportivo Brasil e rivalizava com o Sapiranga F.C.(fundado em 07 de Julho de 1943) no clássico "BraSap".

 

 

Com a extinção do Sapiranga F.C. em 1970 e o desgaste do futebol local, surge a idéia de mudar o nome do Brasil valorizando a cidade. A idéia era agregar os associados e simpatizantes do Brasil e do Sapiranga em torno do novo clube, eis que em 22 de janeiro de 1974 nasce a Associação Esportiva Sapiranga, ou simplesmente Associação, como é conhecida no Vale do Rio dos Sinos.

Em 1988 perdeu nos pênaltis para o Guarani de Venâncio Aires e foi vice do Estadual de Amadores

Em 2000 participou do Campeonato Sul-Brasileiro de Futebol Amador, enfrentando o Ypiranga/PR, Juventude/SC e Olaria/SC. A sede do torneio foi em Lindóia do Sul/SC. Eram 3 jogos para cada time onde o que fizesse mais pontos levantava a taça. O time gaúcho ganhou do Ypiranga por 3x2 e empatou os outros dois jogos. Ficou com o vice-campeonato

Em 2001 passou para o profissionalismo. Disputou a Terceirona Gaúcha. Eram 7 clubes jogando em um único grupo, onde os 4 primeiros seguiam para o quadrangular final. A Associação Sapiranga foi mal e acabou em penúltimo (2V,5E,5D).

Em 2002 disputou a Terceirona Gaúcha. Eram 7 clubes jogando em um turno e returno. As sete equipes se enfrentaram num sistema todos-contra-todos e turno-e-returno. O Campeão do 1º Turno enfrenta o campeão do 2º Turno, consolidando uma vaga para a segunda divisão de 2003. A outra vaga, vai pelo quadrangular final, que é formado pelas quatro melhores equipes da classificação geral com a exceção do vencedor da final entre-turnos. A Sapiranga foi terceiro na soma dos turnos (6V,1E,5D) e ganhou direito de disputar o quadrangular em busca de uma vaga para a Segundona. Acabou em segundo (2V,1E,3D)

Em 2004 disputou a Copa RS (Copa Colombo/LG). Essa competição disputada após o Gauchão trazia 28 equipes, distribuídas em 5 grupos, onde os 3 melhores iriam para as oitavas de final (exceção no grupo A classificava-se 4 times). O Sapiranga ficou no grupo C ao lado de mais 5 times. Disputou 10 jogos.  Acabou em terceiro colocado (4V, 4E, 2D) e classificou-se para as oitavas de final, onde enfrentou o Inter B, perdeu por 3x0 em casa no primeiro jogo e empatou em 0x0 no Beira-Rio, dando adeus a competição

Em 2005 disputou a Copa RS (Copa Big/Brasil Telecom). Eram 28 times divididos em 4 grupos, onde 16 times passariam para a segunda fase, onde seriam divididos em 4 grupos. Os dois primeiros de cada iam para as quartas de final. O Sapiranga caiu no Grupo A ao lado de outros 8 times. Ficou em quinto no grupo (6V, 4E, 6D) e classificou-se para a fase seguinte. Na fase seguinte caiu no grupo ao lado de Passo Fundo, Novo Hamburgo e Brasil/PE. Em 6 jogos, venceu três, empatou um e perdeu dois. Ficou em segundo e seguiu adiante, com destaque nos 4x2 aplicado no Passo Fundo. Nas quartas encarou o Juventude. Empatou o primeiro jogo em 2x2 e foi eliminado no segundo após perder por 2x0.

Em 2006, licenciou-se das atividades

Em 2011 retornou as atividades, disputando o Estadual de Amadores

 

TÍTULOS

  • Vice-Campeão Sul-Brasileiro de Futebol Amador 2000
  • Campeão Gaúcho de Amadores: 1978, 1981 e 1999
  • Vice-Campeão Gaúcho de Amadores: 1988

 

ESTÁDIO

Estádio das Rosas com capacidade para cerca de 5.000 pessoas