Esporte Clube 14 de Julho

Esporte Clube 14 de Julho

Fundado no dia 14/07/1902, em uma região fronteiriça entre as cidades de Santana do Livramento e Rivera onde atualmente encontra-se o Parque Internacional

 

 

O futebol havia chegado primeiro na cidade uruguaia e, por isso, os idealizadores do 14 de julho resolveram montar uma equipe para enfrentar os times de Rivera. Foram fundadores do clube: Pedro Lay, Coriolano Cabeda, Licurgo Cruxen, Armelino Garagorry, Henrique Carvalho, João Caffone, José Ramos, Roberto Calero, Argemiro Zimerman, Julio Sillia e os irmãos Ávila. Seu primeiro presidente foi Felizardo Ávila.

Em 1906 foi campeão citadino

Em 1907 foi campeão citadino

Em 1908 foi campeão citadino

Em 1909 participou de um torneio em Rivera, juntamente com com três equipes do Uruguai, sagrando-se campeão da competição, sendo assim a primeira equipe brasileira a ganhar um torneio internacional. Nesse ano foi campeão citadino

Em 1910 foi campeão citadino

Em 1911 foi campeão citadino

Em 1912 foi campeão citadino

Em 1913 foi campeão citadino

Em 1914, surgiu o apelido de "Leão da Fronteira", quando os jogadores demonstraram uma raça impressionante em um empate em partida amistosa com o Peñarol do Uruguai. Após a partida, os jogadores do Peñarol enalteceram o empenho da equipe santanense, afirmando repetidas vezes que haviam "jogado contra uma equipe de leões desta fronteira. Nesse ano foi campeão citadino

Em 1915 foi campeão citadino

Em 1916 foi campeão citadino

Em 1917 foi campeão citadino

Em 1918 foi um dos fundadores da Federação Rio Grandense de Desportos (FRGD). Foi mais uma vez campeão citadino

Em 1919, também participou da criação da Liga de Foot-Ball Livramentense. Ainda em 1919, o clube esteve em Porto Alegre para a realização de amistosos, os quais ocorreram em datas próximas ao único jogo do Campeonato Gaúcho, entre Grêmio e Brasil de Pelotas. Em razão disto, muitas pessoas confundem-se, achando que o 14 de Julho teria participado do primeiro Campeonato Gaúcho da história. Foi campeão Citadino

Em 1920 foi campeão citadino

Em 1921 foi campeão citadino e participou do Regional (contra o Quaraí, Guarani de Alegrete e Uruguaiana) que dava ao campeão uma vaga no Gauchão. Não conseguiu a vaga

Em 1924 foi campeão citadino

Em 1927 disputou o Campeonato Gaúcho. O estado foi dividido em cinco regiões. Os campeões citadinos disputam os regionais. Os campeões regionais disputavam o campeonato gaúcho. Eram 5 times representando as 5 regiões do estado: Internacional (Centro), Grêmio Bagé (Sul), 14 de Julho de Santana do Livramento (Fronteira), Riograndense/SM (Serra) e Nacional/SL (Noroeste). Antes de ingressar no Gauchão, o 14 de Julho venceu também o regional (venceu duas vezes o Guarany de Rosário, por 1x0 e 2x0 e depois venceu por 2x1 o Guarany de Alegrete). O Gauchão foi disputado em jogos únicos e eliminatórios. O 14 pegou o Riograndense/SM e venceu por 4x0. Na semifinal foi eliminado pelo Bagé pelo placar de 3x0

Em 1928 foi campeão citadino

Em 1929 foi campeão citadino

Em 1930 foi campeão citadino

Em 1931 foi campeão citadino

Em 1932 foi campeão citadino

Em 1934 foi campeão citadino e participou do Regional (5x0 Guarani de Alegrete e perdeu por 1x0 na prorrogação para o Uruguaiana, após um 0x0 no tempo normal) que dava ao campeão uma vaga no Gauchão. Não conseguiu a vaga

Em 1941 foi campeão citadino

Em 1943 foi campeão citadino

Em 1944 foi campeão citadino

Em 1945 foi campeão citadino

Em 1949 disputou o Campeonato Gaúcho. O estado foi dividido em cinco regiões. Os campeões citadinos disputam os regionais. Os campeões regionais disputavam o campeonato gaúcho. Eram 5 times representando as 5 regiões do estado: Floriano/NH (Nordeste), Bagé (litoral), 14 de Julho/SL (Fronteira), Brasil/Pel (Serra) e Grêmio (Sul). Antes de ingressar no Gauchão, o 14 venceu também o regional. O Gauchão foi disputado em jogos de ida e volta e eliminatórios. Os 4 campões citadinos iriam disputar entre si a vaga para jogar a final contra o Grêmio. O 14 pegou na fase preliminar o Floriano e foi eliminado (1x1 e 2x3)

Em 1951 venceu o citadino e participou do Regional (contra Bagé e Rio Grande) que dava ao campeão uma vaga no Gauchão. Não conseguiu a vaga

Em 1952 venceu o citadino e disputou o Campeonato Gaúcho. O campeonato seria disputado pelo Floriano, 14 de Julho/SL, Internacional e Brasil de Pelotas, em um quadrangular de ida e volta, onde o primeiro seria o campeão. Antes, o 14 venceu o regional (contra o Bagé e Uruguaiana)No estadual, enfrentou o Brasil (3x0 e 0x6), Internacional (0x4 e 1x2) e Floriano (0x3 e 2x2), ficando na lanterna

Em 1955 foi campeão citadino

Em 1956 venceu o Citadino e depois jogou o Regional que dava ao campeão uma vaga no Gauchão. Não conseguiu a vaga

Em 1958 disputou o Campeonato Gaúcho. O campeonato seria disputado pelos campeões regionais: 14 de Julho/SL (Fronteira), Pelotas (litoral), Veronese de Canoas (Planalto), Guarany de Bagé (Sudoeste) e Grêmio (Metropolitana)O 14 venceu o Regional. No estadual eliminou nas quartas o Pelotas (2x2, 1x0). Na semifinal caiu diante do Guarany (1x3, 1x0, 1x2) e foi eliminado.

Em 1959 foi campeão citadino

Em 1960 disputou o Campeonato Gaúcho. O campeonato seria disputado pelos campeões regionais: 14 de Julho/SL (Fronteira), Pelotas (litoral), Nacional/CA (Serra) e Grêmio (Metropolitana)onde todos jogariam contra todos e o primeiro seria o campeão. O 14 venceu o Regional (2x1, 1x3 e 4x1 contra o Bagé). No estadual ficou na lanterna do quadrangular com 5 derrotas (0x3 e 0x6 Grêmio, 0x3 e 2x4 Pelotas, 1x2 Nacional/CA) e 1 empate (1x1 Nacional/CA)

Em 1964 foi campeão citadino

Em 1965 foi campeão citadino

Em 1966 foi campeão citadino

Em 1967 disputou a primeira edição da Terceirona Gaúcha. Eram 30 equipes dividas em 6 grupos, onde os primeiros de cada grupo classificavam. O 14 de Julho foi segundo no Grupo 6 e foi eliminado

Em 1968 disputou a Terceirona Gaúcha mas não teve sucesso

Em 1973 disputou a Copa Cícero Soares. Essa copa reunia somente times do interior. Eram 32 times divididos em 6 chaves, onde somente o campeão classificaria para dois triangulares. Os dois campeões estariam classificados para o Gauchão 1974. O 14 de Julho caiu no Grupo 1 ao lado de mais quatro equipes. Em 8 jogos, venceu 3, empatou 1 e perdeu quatro vezes. Foi o quarto colocado, sendo eliminado ainda na primeira fase

Em 1975 disputou a Copa Governador do Estado. Foi disputada por 54 equipes do interior e dava vagas ao Gauchão do ano seguinte e as Copinhas disputadas no segundo turno (Cícero Soares e Pedro Carneiro Filho). Eram várias fases classificatórias até as finais. O 14 de Julho/SL não foi bem e levou apenas uma vaga na Copa Cícero Soares do mesmo ano.

Em 1979, foi vice-campeão da Segundona Gaúcha, perdendo o título para o Lajeadense, ficou com 18 pontos, 4 a menos que o time de Lajeado. Com isso, ganhou o direito de disputar o Torneio da Morte contra o Cachoeira (último do Gauchão 79). Venceu o primeiro jogo em casa por 2x0. No segundo, fora de casa, perdeu por 1x0 e o jogo foi para a prorrogação, quando o time da fronteira venceu por 1x0 e ganhou o título. Porém o regulamento mudaria e o acesso não aconteceu.

Em 1982 foi campeão citadino

Em 1985 disputou a Copa Bento Gonçalves. Eram 16 clubes (incluindo dupla Gre-Nal), divididos em 4 grupos com 4 clubes. Os dois primeiros se classificariam para o mata-mata (jogos ida e volta). O 14 de Julho ficou no Grupo A, ao lado de São Paulo-RG, São Borja e Brasil-Pel. Em 6 jogos, venceu apenas um (2x0 no Brasil), empatou dois e perdeu 3. Foi eliminado ainda na fase de grupos.

Em 1991 disputou a Copa Cidade de Porto Alegre. Eram 17 equipes, divididas em duas chaves. Os dois primeiros de cada chave iam para a semifinal (jogos de ida e volta). O 14 de Julho caiu no Grupo A. Em 16 jogos, venceu 7, empatou 4 e perdeu 5. Foi o quinto do grupo e acabou eliminado.

Em 1996 disputou o Campeonato Gaúcho (nesse ano repetiu-se a fórmula do ano anterior, com 14 times na Série A e 14 times na Série B). A “Série A” participou: Guarani-VA, Atlético de Carazinho, Esportivo, Juventude, Pelotas, São Luiz, Glória, Grêmio, Grêmio/SL, Brasil-Far, Caxias, Inter, Veranópolis e Ypiranga.  A “Série B” tinha: Guarany/GA, Inter/SM, Passo Fundo, Santa Cruz, Brasil/PE, 15 de Campo Bom, Palmeirense, Aimoré, Santo Ângelo, Taquariense, 14 de Julho/SL, Rio Grande, São Paulo e Pratense. Nesse ano o regulamento era: Na Série A eram dois grupos em jogos entre grupos (turno) e dentro dos seus grupos (returno). O primeiro de cada grupo (turno e returno) se classifica direto para o octogonal final junto com o quinto e sexto colocado da classificação geral. Na série B são dois grupos, onde os 4 primeiros classificam para um octogonal (aqui são divididos em dois grupos de quatro, onde o primeiro ia para a fase final do gauchão – Santo Ângelo e Brasil/Pe). O rebaixamento seria disputado em um torneio da Morte entre os quatro últimos da “Série B”. O 14 fez uma campanha regular na “Série B”. Na fase de grupos foi o 5° (5V,1E,6D) do grupo A e foi eliminado

Em 1997 disputou o Campeonato Gaúcho (nesse ano repetiu-se a fórmula do ano anterior, com 14 times na Série A e 14 times na Série B - Os melhores colocados da B sobem no mesmo ano para a fase final da Série A). O 14 de Julho fez uma péssima campanha na “Série B”. Na primeira fase, onde caiu no grupo A, foi o último colocado (1V,3E,8D) e foi eliminado. Com isso foi rebaixado para a Segundona Gaúcha

Em 1999, após participar do Campeonato Gaúcho da Terceira Divisão, fechou seu departamento de futebol profissional, mantendo apenas as categorias de base.

Em 2005, o time profissional voltou a disputar competições oficiais.

Em 2006 disputou a Copa FGF. Eram 23 times divididos em dois grupos. Os oito primeiros de cada grupo classificavam para as oitavas, onde os confrontos seriam em mata-mata. O 14 de Julho ficou no grupo A e fez uma péssima campanha, terminando como lanterna (5V, 3E, 12D), conseguindo ser eliminado ainda na primeira fase.

Em 2010 disputou a Copa FGF (Copa Enio Costamilan). São 18 times divididos em 3 grupos (Região Metropolitana, Serra e Fronteira). No grupo Metropolitano algo incrível, onde os 6 times classificavam para a proxima fase. Nos outros dois, apenas o último de cada grupo era eliminado. Os 16 classificados faziam mata-matas até as finais. O Campeão recebe uma vaga no Brasileiro da Série D 2011 ou Copa do Brasil 2012 e para a Recopa Sul-Brasileira 2010. Vice-Campeão recebe vaga na Copa do Brasil 2012. O 14 de Julho caiu no Grupo da Fronteira e acabou em quarto (5V, 5D) e classificou-se para a segunda fase, onde caiu diante do Porto Alegre (1x1 casa e 1x3 fora)

Em 2011 disputou a Copa FGF (Copa Laci Ughini). Eram 22 times divididos em três grupos com jogos turno e returno. Classificam-se os cinco primeiros de cada grupo mais o melhor sexto colocado. O campeão levava ainda uma vaga na Série D 2012 e o vice uma vaga na Copa do Brasil 2013. O 14 de Julho caiu no grupo 3, ficou em quarto (5V, 2E, 5D) e classificou-se para as oitavas com destaque para os 4x1 no Guarany/BG. Nas oitavas surpreendeu e eliminou o Inter B (0x0 casa e 1x0 fora). Nas quartas caiu frente ao Lajeadense (1x0 casa e 0x2 fora). Na segundona gaúcha ficou em oitavo

Em 2012 disputou a Copa FGF (Copa Hélio Dourado) contando com a participação de 22 clubes, divididos em 3 grupos, onde somente o último não se classificava para as oitavas. O campeão garantirá uma vaga na Série D de 2013, e o vice, na Copa do Brasil de 2013. O 14 de Julho caiu no grupo 2 e ficou em quarto (5V, 3E, 4D) e classificou-se para as oitavas onde eliminou o Guarany/CAM (5x1 casa e 1x3 fora). Nas quartas eliminou o São Paulo/RG (1x0 casa e 1x2 fora). Na semi caiu para o Brasil de Pelotas (1x1 casa e 1x2 fora)

Em 2012, após um péssimo campeonato, a equipe chegou no último jogo contra o já rebaixado Guarani-VA, jogando em casa e precisando vencer para não cair, a equipe perdeu por 7x6 e foi rebaixada para a Terceirona em 2013

Em 2013 disputou a Terceirona Gaúcha. No 1º Turno as 7 equipes do Grupo A confrontam com as 7 equipes do grupo B e os 2 melhores de cada grupo avançam à semifinal. O Campeão do Primeiro Turno garante vaga na final. O 2º Turno as equipes se enfrentam com times dos mesmos grupos e os 4 melhores de cada grupo avançam as quartas-de-final. O Campeão do Segundo Turno, assim como o campeão do primeiro, garante vaga na final e no Divisão de Acesso de 2014. No 1°turno, o 14 de Julho foi penúltimo do grupo A (2V,2E,3D). No 2°turno, foi penúltimo novamente (1V,3E,2D) e foi eliminado

Em 2015 disputou a Terceirona Gaúcha. Na primeira fase as 10 equipes jogam em dois grupos de 5 participantes cada um em dois turnos. As partidas serão disputadas dentro de cada grupo, classificando-se para a próxima fase os quatro melhores de cada grupo. No octogonal final os 8 clubes se enfrentarão todos contra todos em jogos de ida e volta, dentro do grupo, classificando-se para a próxima fase os dois melhores colocados de cada grupo. A fase final disputada pelas quatro equipes classificadas, em sistema de mata-mata, com semifinais e final. O campeão é qualificado para a Segundona 2016. O 14 foi o último do grupo B e foi eliminado (1V,2E,5D)

 

ESTÁDIO

Estádio João Martins com capacidade para 5.000 pessoas - Cedido inclusive a CBF em Julho 1995 para ser utilizado pela Seleção Brasileira - principal Campeã do Mundo de l994 - em todos os seus treinamentos preparatórios durante a Copa America tendo como grupo sede a cidade de Rivera- Uruguai

 

TÍTULOS

  • Campeão Citadino 1906 a 1921 - 1924 - 1927 a 1932 - 1934 - 1941 - 1943 a 1945 - 1949 - 1951 - 1952 - 1955- 1956 - 1958 a 1960 - 1964 a 1966 - 1982
  • Campeão Regional 1927, 1948, 1952, 1958 e 1960
  • Campeão da Fronteira Oeste em 1960 e 1961
  • Campeão Copa La France -Rivera / Uruguai em 1909 e 1912
  • Campeão Copa Smith 1918 e 1920
  • Campeão Internacional da Fronteira em 1940 e 1941
  • Campeão  Taça Grooper 1979
  • Vice-Campeão da Segundona Gaúcha 1979
  • Campeão do Torneio da Morte 1979

 

ESTÁDIO

Estádio João Martins com capacidade para 5.000 pessoas - Cedido inclusive a CBF em Julho 1995 para ser utilizado pela Seleção Brasileira - principal Campeã do Mundo de l994 - em todos os seus treinamentos preparatórios durante a Copa America tendo como grupo sede a cidade de Rivera- Uruguai.

Fonte: http://cacequiesportes.blogspot.com.br/