Esporte Clube Guarani

Esporte Clube Guarani

Fundado em 03/09/1929, na cidade de Venâncio Aires, por um grupo de amigos denominada inicialmente de Sociedade de Foot-Ball Sport Club Guarany.

O nome surgiu em Homenagem aos índios Guaranis, que na época acampavam junto a antiga "fonte pública", próximo ao Local onde hoje está instalada a agência dos Correios.

Em 1967 disputou a primeira edição da Terceirona Gaúcha. Eram 30 equipes dividas em 6 grupos, onde os primeiros de cada grupo classificavam. O Guarani/VA foi penúltimo no Grupo 1 e foi eliminado

Em 1968 disputou a Terceirona Gaúcha mas foi eliminado ainda na primeira fase

Em 1971 disputou a Copa Governador do Estado (Copa Governador do Estado - Euclides Triches). O regulamento era 33 clubes do interior divididos regionalmente em 6 grupos. O Guarani/VA não teve muito êxito e não chegou as finais

Em 1973 disputou a Copa Cícero Soares. Essa copa reunia somente times do interior. Eram 32 times divididos em 6 chaves, onde somente o campeão classificaria para dois triangulares. Os dois campeões estariam classificados para o Gauchão 1974. O Guarani-VA caiu no Grupo 5 ao lado de mais quatro equipes. Em 8 jogos, venceu 2, empatou 4 e perdeu outras duas. Foi o quarto colocado, sendo eliminado ainda na primeira fase. Destaque negativo foi a goleada de 4x0 sofrida frente ao Igrejinha.

Em 1975 disputou a Copa Governador do Estado. Foi disputada por 54 equipes do interior e dava vagas ao Gauchão do ano seguinte e as Copinhas disputadas no segundo turno (Cícero Soares e Pedro Carneiro Filho). Eram várias fases classificatórias até as finais. O Guarani/VA não foi bem e levou apenas uma vaga na Copa Cícero Soares do mesmo ano

Em 1991 disputou seu primeiro Campeonato Gaúcho. Novamente sofreu um inchaço de clubes e foi disputado por 20 equipes: Lajeadense, Guarany/CA, Ypiranga, Juventude, Grêmio, Glória, Passo Fundo, Caxias, Esportivo, Inter, Pelotas, Santa Cruz, São Luiz e Guarani/VA. Foram incluídos: São Paulo,  Aimoré, Brasil/Pe, Novo Hamburgo (classificados da Copa Cidade de Porto Alegre), Ta-guá e Dínamo/SR (classificados da Copa Aneron Corrêa de Oliveira). Nesse ano o regulamento era o seguinte: dois grupos com 10 times se enfrentam em turno e returno. Os oito melhores na classificação geral classificam para dois quadrangulares, onde os vencedores de cada um deles fariam a finalíssima. Nesse ano não houve rebaixamento. O Guarani-VA fez história na sua estreia na elite... se classificou para esses quadrangulares, sendo campeão do grupo B (9V,10E). No quadrangular ficou em 4° no grupo A (1E,5D) e não foi para a final. Ainda disputou a Copa Governador do Estado, famosa competição nos anos 70. Dessa vez reuniu 14 clubes:  Esportivo, Lajeadense, Guarani-VA, Juventude, Passo Fundo, Pelotas, São Luiz, Santa Cruz, Glória, Caxias, Ypiranga, Guarany/CA e a dupla GRE-NAL. A dupla GRENAL E CAJU entraram na segunda fase, onde dois quadrangulares foram formados com os 4 primeiros da fase inicial (aqui os outros 10 times jogaram em turno/returno). O Guarani-VA foi 3⁰ com 22 pontos (7V,8E,3D) e classificou-se para a fase final, onde fez o quadrangular contra Inter, Caxias e Ypiranga. Acabou em 4⁰ (1V,2E,3D) e foi eliminado

Em 1992 disputou o Campeonato Gaúcho. Novamente com um inchaço de clubes, dessa vez sendo disputado por 22 equipes: Inter/SM, Lajeadense, Guarany/CA, Ypiranga, Juventude, Grêmio, Glória, Passo Fundo, Caxias, Esportivo, Inter, Grêmio Santanense, Pelotas, Santa Cruz, São Luiz, Guarani/VA, São Paulo, Aimoré, Brasil/Pe, Novo Hamburgo, Ta-guá e Dínamo/SR. Nesse ano o regulamento era o seguinte: dois grupos com 11 times se enfrentam em turno e returno. Os quatro melhores de cada grupo fazem dois quadrangulares, onde os vencedores de cada um deles fariam a finalíssima. Nesse ano, novamente, não houve rebaixamento. O Guarani não se classificou. Foi 8° do grupo A (5V,8E,8D)

Em 1993 disputou a Copa do Rio Grande do Sul. Eram 10 times jogando em turno e returno. Os 4 melhores iam para a semifinal em jogos de mata-mata. O Guarany-VA ficou em primeiro lugar (10V, 5E, 3D) e foi para a semifinal. Na semifinal foi eliminado para o Brasil-Pe (perdeu fora por 1x0 e empatou em casa em 0x0). Na decisão do terceiro lugar, perdeu para o Guarany-BG (perdeu fora por 2x1 e empatou em casa em 2x2). Ainda disputou o inchado Campeonato Gaúcho, dessa vez sendo disputado por 24 equipes: Guarany/GA, Brasil de Farroupilha, Inter/SM, Lajeadense, Guarany/CA, Ypiranga, Juventude, Grêmio, Glória, Passo Fundo, Caxias, Esportivo, Inter, Grêmio Santanense, Pelotas, Santa Cruz, São Luiz, Guarani/VA, São Paulo, Aimoré, Brasil/Pe, Novo Hamburgo, Ta-guá e Dínamo/SR. Nesse ano o regulamento era o seguinte: as 22 equipes do interior jogam se enfrentam em turno/returno. Classificam as 14 primeiras colocadas que se somam a dupla grenal. As 16 equipes formam 4 grupos com 4 equipes, onde os dois primeiros classificam para um octogonal. O campeão desse octogonal levanta a taça. Seriam rebaixados os dois últimos na primeira fase. O Guarani fez uma fraca campanha e ficou em 17° (7V,6E,8D)

Em 1994 disputou o Campeonato Gaúcho, dessa vez sendo disputado por 23 equipes: Guarany/GA, Bagé, Brasil de Farroupilha, Inter/SM, Lajeadense, Guarany/CA, Ypiranga, Juventude, Grêmio, Glória, Passo Fundo, Caxias, Esportivo, Inter, Grêmio Santanense, Pelotas, Santa Cruz, São Luiz, Guarani/VA, São Paulo, Aimoré, Brasil/Pe e Veranópolis. Esse foi o campeonato mais longo da história, durou de março a dezembro. Cada equipe fez incríveis 44 jogos. Nesse ano o regulamento era bem simples: todos contra todos em turno e returno e o primeiro levantava o caneco, porém houve uma espécie de rebaixamento em massa, pois o regulamento dizia que do 15 ao 23° iriam jogar a Segundona do ano seguinte. O Guarani-VA fez uma campanha regular, ficou em 13° e garantiu presença na elite do próximo ano (12V,19E,13D)

Em 1995 disputou o Campeonato Gaúcho (nesse ano teve uma grande confusão, pois a elite foi dividida em Série A e B. A Série B era uma Divisão Intermediaria. Os clubes eram campeões de seus grupos e subiram para a “primeira divisão” no mesmo ano. Em tese seria a atual Segundona. Também teve a 2°divisão, que é em tese seria a atual Terceirona). A “Série A” foi disputado por 14 equipes: Guarani-VA, Juventude, Pelotas, São Luiz, Santa Cruz, Brasil/PE, Glória, Grêmio, Grêmio/SL, Brasil-Far, Caxias, Inter, Veranópolis e Ypiranga. A “Série B” tinha 10 equipes: Guarany/GA, Inter/SM, Passo Fundo, Atlético de Carazinho, 15 de Campo Bom, Esportivo, Lajeadense, Aimoré, Bagé e Guarany/CA. Nesse ano o regulamento era: Na Série A todos contra todos em turno e returno. Os 6 primeiros se classificam para o octogonal final junto com os dois primeiros da “série B” (Esportivo e Atlético de Carazinho que classificaram). Na série B todos jogam contra todos e os 6 primeiros se classificam para formar dois grupos com 3 times, onde os vencedores disputam o octogonal. O octogonal seria dividido em dois grupos de 4 onde os vencedores fariam a final. O rebaixamento seria disputado em um torneio da Morte entre os quatro últimos da “Série B”. O Guarani-VA fez uma fraca campanha e ficou em 9° da “Série A” (8V,8E,10D).

Em 1996 disputou o Campeonato Gaúcho (nesse ano repetiu-se a fórmula do ano anterior, com 14 times na Série A e 14 times na Série B). A “Série A” participou: Guarani-VA, Atlético de Carazinho, Esportivo, Juventude, Pelotas, São Luiz, Glória, Grêmio, Grêmio/SL, Brasil-Far, Caxias, Inter, Veranópolis e Ypiranga.  A “Série B” tinha: Guarany/GA, Inter/SM, Passo Fundo, Santa Cruz, Brasil/PE, 15 de Campo Bom, Palmeirense, Aimoré, Santo Angelo, Taquariense, 14 de Julho/SL, Rio Grande, São Paulo e Pratense. Nesse ano o regulamento era: Na Série A eram dois grupos em jogos entre grupos (turno) e dentro dos seus grupos (returno). O primeiro de cada grupo (turno e returno) se classifica direto para o octogonal final junto com o quinto e sexto colocado da classificação geral. Na série B são dois grupos, onde os 4 primeiros classificam para um octogonal (aqui são divididos em dois grupos de quatro, onde o primeiro ia para a fase final do gauchão – Santo Angelo e Brasil/Pe). O rebaixamento seria disputado em um torneio da Morte entre os quatro últimos da “Série B”. O Guarani-VA fez uma péssima campanha e ficou em último na classificação geral da “Série A” (3V,2E,8D) e foi obrigado a disputar a “Série B” do ano seguinte.

Em 1997 disputou o Campeonato Gaúcho (nesse ano repetiu-se a fórmula do ano anterior, com 14 times na Série A e 14 times na Série B - Os melhores colocados da B sobem no mesmo ano para a fase final da Série A). O Guarani fez uma boa campanha na “Série B”. Na primeira fase, onde caiu no grupo B, ficou em primeiro (7V,1E,4D) e classificou-se para um quadrangular final, onde o primeiro iria disputar a fase final da Série A. Ficou em primeiro (4V,1E,1D). Na fase final da “A” cairia em um grupo com o Inter, Juventude, Brasil de Farroupilha e o Brasil de Pelotas. Fez uma campanha ótima e ficou em terceiro (4V,1E,3D), a um ponto da classificação e dolorosamente despediu-se da competição

Em 1998 disputou o Campeonato Gaúcho "Divisão A" mas não passou da primeira fase

Em 1999 disputou a Copa RBS. Eram 3 times jogando em turno e returno. O Guarani-VA foi o último (1V, 3D). Ainda disputou o Campeonato Gaúcho “Divisão A” mas não chegou as finais.

Em 2000 disputou o Campeonato Gaúcho que foi chamado de Copa Sport Club Rio Grande - Um Século de Futebol, inclusive tendo o SC Rio Grande como convidado. No total foi disputado por 17 clubes, onde a dupla grenal e o Juventude entram na segunda fase. A primeira fase foi dividida em dois grupos com 7 equipes cada. No grupo 1 classificou-se dois times (Esportivo, Caxias, Veranópolis, São José, Rio Grande, Pelotas e Inter/SM) e no grupo 2 classificou-se 3 times (15 de Campo Bom, Passo Fundo, Santa Cruz, Guarani/VA, Santo Angelo, São Luiz e Avenida). Os dois últimos foram rebaixados. O Guarani foi o quarto do seu grupo (6v,2E,4D) e foi eliminado

Em 2001 disputou o Campeonato Gaúcho. No total foi disputado por 17 clubes, onde as duplas Gre-Nal e Ca-Ju entram na segunda fase. A primeira fase foi disputada pelos 13 clubes do interior em apenas um turno, onde os 4 primeiros classificam-se e os dois últimos são rebaixados. O Guarani ficou em quinto colocado (4V,5E,3D) e foi eliminado

Em 2002 disputou o Campeonato Gaúcho. A 1ª Fase do Gauchão foi disputada por 13 clubes que jogam entre si em turno e returno. Em cada turno o clube que somar mais pontos será o campeão e garante vaga na segunda fase. Além dos campeões, classificam-se também outros dois clubes com melhor pontuação na classificação geral. A 2ª fase é disputada pelos quatro clubes classificados na 1ª fase, mais Grêmio, Juventude, Internacional e Pelotas, que estavam disputando a Copa Sul-Minas. Estão agrupados em duas chaves de quatro clubes cada. Jogam dentro das chaves somente em ida. Apenas o primeiro de cada chave garante vaga na final do campeonato. Os dois finalistas jogam partidas de ida e volta, para se definir o campeão. O último da classificação final é rebaixado. O Guarani ficou em último colocado no 1°turno com 6E e 6D. Incrivelmente brilhou no 2°turno e foi o campeão com 8V,3E,1D. Com a vitória no turno garantiu vaga na segunda fase. Antes, havia uma vaga na Copa do Brasil em jogo para esses 4 finalistas. Em um jogo único contra o 15  empatou em 1x1 e fez a final contra o São Gabriel, onde foi o vencedor (0x0 e 1x0) e levou a vaga. Na segunda fase, agora incluindo a dupla Grenal, foi muito mal num grupo com Grêmio, Pelotas e 15 de Novembro foi o último colocado (3x1 Pelotas, 1x2 15 de Nov, 0x1 Grêmio). Ficou fora da decisão

 

Em 2003 disputou a Copa do Brasil e acabou sendo eliminado logo na primeira fase para o América/RN (2x1 e 0x1). Nesse ano, por ter vencido a fase inicial do Gauchão 2002, disputou um quadrangular com Caldense, Iraty e Avaí, valendo uma vaga na Copa Sul-Minas 2003. O time rubro-negro foi o campeão (3V,3E). Porém, infelizmente, o torneio não saiu. Ainda disputou o Campeonato Gaúcho. Os 18 times dividiram-se em 2 grupos: no grupo 1 participaram: Grêmio, Internacional, Juventude e Caxias. Os times jogaram em turno e returno - os 2 primeiros avançaram às semifinais. No grupo 2, participaram os outros 14 times - 2 times avançaram às semifinais. Os 2 últimos colocados deste grupo foram rebaixados. Nas semifinais, o 1º colocado de um grupo enfrentou o 2º colocado do outro em jogos de ida e volta - o vencedor de cada confronto avançou às finais. As finais também foram disputadas em jogos de ida e volta. O Guarani ficou em 6° (10V,7E,8D) e foi eliminado

Em 2004 disputou o Campeonato Gaúcho. O Grupo 1 foi formado pelas duplas Grenal e Caju e os quatro primeiros colocados do campeonato de 2003 (Santa Cruz, 15 de Campo Bom, São Gabriel e Glória). Esses oito clubes são divididos em duas chaves. Os dois primeiros de cada chave fazem as semifinais e os vencedores de fazem a final do Grupo e estão classificados para a semifinal do Campeonato Gaucho de 2004. Após o encerramento dos jogos do Grupo 1, os quatro primeiros colocados do Grupo 2/2003 são integrados ao Grupo 2, formado ainda pelas demais 10 equipes. Turno e returno. Os dois primeiros passam para a semifinal do Campeonato Gaucho de 2004. O Guarani ficou em 12° no grupo 2 (8V,3E,15D) e foi eliminado

Em 2005 disputou o Campeonato Gaúcho. Foi disputado por 18 clubes divididos em 3 grupos de 6. Classificam-se os 3 primeiros do grupo 1 e 2  mais os dois primeiros do grupo 3. Esses 8 classificados formam dois grupos, onde o primeiro de cada fazem as finais. Os rebaixados serão apontados na Copa Emidio Perondi. O Guarani foi o último do grupo 2 com 10 pontos (2V,4E,4D) e foi eliminado. Então disputou a Copa Emidio Perondi. Eram 14 times divididos em 2 grupos, onde os 2 primeiros de cada classificava para as semifinais. O Guarani-VA caiu no grupo B ao lado de 6 times. Ficou na lanterna (3V, 4E, 5D) e foi eliminado. No segundo semestre disputou a Copa Big/Brasil Telecom. Eram 28 times divididos em 4 grupos, onde 16 times passariam para a segunda fase, onde seriam divididos em 4 grupos. Os dois primeiros de cada iam para as quartas de final. O Guarani/VA caiu no Grupo C ao lado de outros 6 times. Ficou em penúltimo do grupo (4E, 7D) e foi eliminado

Em 2007 disputou o Campeonato Gaúcho. Foi disputado por 18 clubes divididos em 2 grupos de 9. O campeão de cada grupo passa às semifinais, o 2º e o 3º passam à Segunda Fase; os dois últimos de cada grupo são rebaixados. O Guarani/VA foi mal no grupo 2 e lutou contra o rebaixamento até a última rodada quando chegou com o mesmo número de pontos que o São Luiz (o primeiro que se safava da degola). No saldo de gols ficou atrás, terminou em penúltimo colocado (4V,5E,7D) e rebaixado para a Segundona

Em 2008 disputou a Copa FGF (Copa Lupi Martins). Eram 18 equipes divididos em 2 grupos de 9 times, onde apenas os últimos de cada grupo não iriam para a segunda fase. O campeão garantiria vaga na Série D 2009 e na Recopa Sul-Brasileira 2008. O Guarani-VA acabou em oitavo no Grupo A (3V, 5E, 8D) e foi para a segunda fase, onde foi eliminado pelo Pelotas (0x2 casa e 1x4 fora)

Em 2013 disputou a Terceirona Gaúcha. No 1º Turno as 7 equipes do Grupo A confrontam com as 7 equipes do grupo B e os 2 melhores de cada grupo avançam à semifinal. O Campeão do Primeiro Turno garante vaga na final. O 2º Turno as equipes se enfrentam com times dos mesmos grupos e os 4 melhores de cada grupo avançam as quartas-de-final. O Campeão do Segundo Turno, assim como o campeão do primeiro, garante vaga na final e no Divisão de Acesso de 2014. No 1°turno, o Guarani/VA foi o campeão do grupo B (4V,2E,1D) e classificou-se para as semifinais onde caiu diante do Sapucaiense (1x2 fora e 3x2 casa). No 2°turno, foi o campeão (5V,1D) e classificou-se para as quartas onde eliminou o Garibaldi vencendo os dois jogos por 2x1. Nas semifinais caiu diante do Nova Prata (0x0 fora e 1x3 casa)

Em 2014 disputou a Terceirona Gaúcha. No primeiro turno, as equipes (7 no A e 6 no B) se enfrentam dentro de seus respectivos grupos e os quatro melhores de cada grupo avançam às quartas de final, realizadas em jogos únicos, assim como as semi-finais. A final do 1º turno será decidida em jogos de ida e volta. O campeão do primeiro turno garante acesso a Divisão de Acesso de 2015 e a vaga na final. No segundo turno, as equipes se enfrentam dentro de seus respectivos grupos novamente e os quatro melhores de cada grupo avançam as quartas-de-final, realizadas em jogos de ida e volta até a final. O campeão do segundo turno garante vaga na final e na Divisão de Acesso de 2015. No 1°turno, o Guarani foi lanterna do grupo B (1V,2E,2D) e foi eliminado. No 2°turno, foi o 1° (4V,1E) e classificou-se para as quartas onde eliminou o Estância Velha (2x0 fora e 7x0 casa). Na semifinal passou pelo Três Passos (2x1 fora e 4x1 casa). Na final do turno contra o São Gabriel levou a melhor e faturou o acesso além da vaga na finalíssima (1x2 fora e 3x0 casa). Na final contra o Rio Grande  perdeu o primeiro jogo fora de casa por 1x0. No caldeirão do Edmundo Feix não conseguiu reverter e ficou no 1x1 deixando escapar o título. Teve que se contentar com o vice-campeonato e o acesso a Segundona. Ainda disputou a Copa FGF (denominada Copa Fernandão). O torneio será disputado no sistema de mata-mata, ao estilo da Copa do Brasil. Na primeira fase (oitavas-de-final), o time melhor qualificado no ranking da FGF joga a primeira partida como visitante. Caso este time vença a partida por 2 ou mais gols de diferença, estará automaticamente classificado para a próxima fase. A partir das quartas-de-final, a ordem dos jogos foi definida por sorteio e a partida de volta é obrigatória. São 22 clubes começando na primeira fase. Os vencedores das 11 partidas e o melhor perdedor avançam a segunda fase. Os vencedores das 6 partidas e os 2 melhores perdedores avançam às quartas-de-final. A partir daí, apenas os vencedores avançam às semifinais e às finais. O Guarani-VA fez seu primeiro jogo contra o Pelotas, em casa. Acabou perdendo por 1x0 e teve que jogar a volta, onde venceu por 2x1. Na segunda fase eliminou o Ypiranga (0x0 e 3x1). Nas quartas eliminou o Pelotas: 0x0 em casa e 2x2 fora. Nas semifinais eliminou o Inter B: 1x0 casa e 1x2 fora. Na final contra o Lajeadense, jogando a primeira no Edmundo Feix, empate 1x1. Em Lajeado, empate em 0x0. Ficou com o vice-campeonato. Ainda disputou a Copa Sul-Fronteira. Eram 7 times: Bagé, Farroupilha, Grêmio, Guarani-VA, Lajeadense, Santa Cruz e São Paulo. Todos contra todos em turno e returno. Os 4 melhores vão para as semifinais. O Guarani ficou em terceiro (7V,3E,4D) e classificou-se para as semifinais, onde foi eliminado pelo Grêmio B nas penalidades, após dois empates em 1x1

 

 

ESTÁDIO

Edmundo Feix com capacidade para 4000 pessoas, foi inaugurado em 1958

 

 Foto: Paulo Passos/iG
 
 

Títulos

  • Campeão do Alto Taquari do Campeonato Estadual Amador 1956
  • Vice-campeão Amador - Região Centro 1963
  • Campeão Estadual Amador 1988
  • Campeão da Seletiva para a Copa Sul-Minas 2002
  • Campeão da Primeira Fase do Campeonato Gaúcho 2002
  • Vice-campeão da Segunda Divisão do Gauchão 1990 e 2006
  • Vice-campeão da Terceira Divisão do Gauchão 2014
  • Vice-campeão da Copa FGF 2014