Esporte Clube Internacional

Esporte Clube Internacional

 Fundado em 16/05/1928, na cidade de Santa Maria, como resultado de várias reuniões no extinto Café Guarany entre um grupo de jovens amigos que praticavam futebol.

Camisa ano 2002 quando por 9 meses o clube chamou-se Santa Maria Esporte Clube

 

Camisa ano 2014

 

As cores originais do clube, na sua fundação eram o Vermelho, Amarelo e o Preto, em homenagem a bandeira da Alemanha. Porém com os sinais da Segunda Guerra Mundial, temendo problemas Érico Weber, sugeriu ao Presidente Antonio Lozza que as cores Preta e Amarela fossem substituidas pela cor Branca. Formando assim o Alvi Rubro, utilizado até hoje.

O nome foi escolhido como forma de superar o até então clube mais forte da cidade, o "Riograndense".

A primeira partida da história do Internacional ocorreu em 19 de agosto de 1928, na derrota por 2 a 0 para o Militar Foot-Ball Club. O primeiro gol da história do clube foi marcado na partida seguinte, dia 30 de setembro de 1928, na derrota por 2 a 1 para o Gaúcho Foot-Ball Club. A primeira vitória do Internacional só ocorreu em sua terceira partida: 4 a 1 sobre o União de Jacuhy (atual cidade de Sobradinho), em 25/11/1928.

Na primeira partida oficial, válida pelo Torneio Início de 1930, o colorado venceu o 7 de Setembro por 1 a 0, no Estádio dos Eucaliptos, no dia 13 de maio daquele ano. O gol foi anotado por Tabica.

Em 1931, conquistou o seu primeiro troféu, em uma partida amistosa contra o Brasil (vitória do Inter-SM por 5x2). Três anos mais tarde, venceu seu primeiro campeonato oficial: o Citadino de Segundos Quadros de Santa Maria.

No dia 12 de maio de 1940, o Internacional venceu pela primeira vez o seu maior rival, o Riograndense por 1x0, gol marcado por Navalha.

Com a equipe principal, o primeiro título foi o Campeonato Citadino de Santa Maria de 1942

Em 1942 disputou o Campeonato Gaúcho (esse foi o primeiro gauchão organizado pela FRD – era o inicio do profissionalismo no Estado). O estado foi dividido em cinco regiões. Os campeões citadinos disputam os regionais. Os campeões regionais disputavam o campeonato gaúcho. Eram 5 times representando as 5 regiões do estado: Internacional (Centro), Inter/SM (Serra), Floriano-NH (Noroeste), Armour/SL (Fronteira) e Brasil/Pel (Sul/Litoral). Antes de ingressar no Gauchão, o Inter/SM venceu também o regional. O Gauchão foi disputado em jogos únicos e eliminatórios. O time santamariense pegou na fase preliminar o poderoso Rolo Compressor, na Timbaúva em Porto Alegre e levou 8x1, sendo eliminado

Na sequência, o clube conseguiria dois tricampeonatos de Santa Maria (1944/1945/1946 e 1949/1950/1951).

Em 1945 disputou o Campeonato Gaúcho. O estado foi dividido em quatro regiões. Os campeões citadinos disputam os regionais. Os campeões regionais disputavam o campeonato gaúcho. Eram 4 times representando as 4 regiões do estado: Internacional (Metropolitana), SE Esperança-NH* (Nordeste), Inter/SM (Fronteira/Serra) e Pelotas (Sul/Litoral). Antes de ingressar no Gauchão, o Inter/SM venceu também o regional. O Gauchão foi disputado em jogos de ida e volta e eliminatórios. Na fase preliminar enfrentou o Esperança e foi eliminado (1x3 e 2x5) *Substituiu o Floriano que foi suspenso pela Federação

Em 1950, participou do Regional (2x5 e 1x0 Fluminense/SL, 4x1 e 0x1 Uruguaiana) que dava ao campeão uma vaga no Gauchão. Não conseguiu a vaga

Em 1951, participou do Regional (contra Floriano e Pelotas) que dava ao campeão uma vaga no Gauchão. Não conseguiu a vaga

Em 1954, o clube disputou seu primeiro Campeonato Gaúcho

Em 1956, o Inter/SM jogou o Regional que dava ao campeão uma vaga no Gauchão. Não conseguiu a vaga

Em 1958, o Inter/SM jogou o Regional (Guarany/BG, Riograndense/SM, Guarani Atlântico/SM, Cachoeira, Guarani/CS e Bagé) que dava ao campeão uma vaga no Gauchão. Não conseguiu a vaga

Em 1967 disputou a chamada Copa Aneron Corrêa da Silveira.  Por problemas judiciais o torneio foi cancelado na final e não teve campeão. Era uma espécie de Copa FGF, somente com clubes do Interior. Eram 20 times participantes divididos em cinco grupos onde apenas os dois primeiros iriam para a segunda fase. O Inter/SM caiu no Grupo B (com mais 3 times), ficou em segundo e classificou-se para a próxima fase. Em seis jogos, ganhou três, empatou um e perdeu outros dois

Em 1969 disputou o Campeonato Gaúcho. Foi disputado por 18 equipes: Inter, Grêmio, Novo Hamburgo, Farroupilha, Pelotas, Aimoré, 14 de Julho/PF, Juventude, Gaúcho, Brasil/Pe, Rio Grande, Inter/SM, Cruzeiro, Barroso-São José, Santa Cruz, Flamengo, São Paulo/RG e Ypiranga/ERE. O regulamento era: Fase Preliminar, dois grupos de 9 clubes. No  Turno:  As equipes jogam dentro do grupo. Sete seguem por grupo.  Returno: Os sete clubes por grupo restantes se enfrentam dentro dos grupos. O último de cada grupo era rebaixado. Soma-se turno e returno e os quatro primeiros de cada grupo chegam ao Octogonal Final. No Octogonal, todos contra todos, em turno e returno. Quem fizer mais pontos é campeão. O Inter/SM ficou em sexto no Grupo B com 7V, 2E, 7D e foi eliminado. Nesse ano disputou o Torneio Centro-Sul, ficando no grupo de Novo Hamburgo, Avaí e Juventus/SC. Em 5 jogos perdeu 4 e empatou 1. O Torneio acabou sendo cancelado e não terminou.

Em 1970 disputou o Campeonato Gaúcho. Foi disputado por 18 equipes: Inter, Grêmio, Novo Hamburgo, Farroupilha, Pelotas, Aimoré, 14 de Julho/PF, Juventude, Gaúcho, Brasil/Pe, Esportivo, Inter/SM, Cruzeiro, São José, Santa Cruz, Flamengo, Guarany/BG e Ypiranga/ERE. O regulamento era: Fase Preliminar, dois grupos de 9 clubes. As equipes jogam dentro do grupo (ida e volta). Cinco times seguem por grupo. Nesse ano não houve rebaixamento. As 10 equipes classificadas jogam o Decagonal Final. Quem fizer mais pontos é campeão. O Inter ficou em terceiro no Grupo A com 7V, 4E, 5D. Na fase final ficou em penúltimo (1V, 6E, 11D). Ainda disputou a Copa Governador do Estado (Copa Governador Walter Peracchi Barcelos). O regulamento era 10 clubes divididos em 2 grupos onde os dois primeiros classificavam-se para as semifinais. O Inter/SM foi bem na fase de grupos e classificou-se para as semifinais onde foi eliminado pelo Novo Hamburgo nas penalidades após um empate em 1x1 no Beira-Rio

Em 1971 disputou o Campeonato Gaúcho. Foi disputado por 25 equipes: Inter, Grêmio, Novo Hamburgo, Farroupilha, Pelotas, Aimoré, 14 de Julho/PF, Juventude, Gaúcho, Brasil/Pe, Esportivo, Inter/SM, Cruzeiro, São José, Santa Cruz, Flamengo, Guarany/BG, Riograndense/SM, Bagé, São Paulo/RG, Tamoio de Santo Angelo, Atlantico/ERE, Avenida, Rio Grande e Ypiranga/ERE. O regulamento era: Fase Preliminar, grupo A com 13 clubes e grupo B com 12 clubes, onde os 4 primeiros classificavam-se para um octogonal final, onde o primeiro desses 8 seria o campeão. O Inter/SM ficou em sétimo no Grupo B com 7V, 8E, 9D e foi eliminado. Ainda disputou a Copa Governador do Estado (Copa Governador do Estado - Euclides Triches). O regulamento era 33 clubes do interior divididos regionalmente em 6 grupos. O Inter/SM foi terceiro colocado.

Em 1972 disputou o Campeonato Gaúcho. Foi disputado por 25 equipes: Cachoeira, Nacional/CA, Sá-Viana, Atlético de Carazinho, Inter, Grêmio, Novo Hamburgo, Farroupilha, Pelotas, Aimoré, 14 de Julho/PF, Gaúcho, Brasil/Pe, Esportivo, Inter/SM, Cruzeiro, São José, Santa Cruz, ACF, Guarany/BG, Riograndense/SM, Bagé, São Paulo/RG, Tamoio de Santo Angelo e Ypiranga/ERE. O regulamento era: Grêmio e Internacional ficaram fora da primeira fase do campeonato, os outros 23 clubes foram divididos em 4 grupos onde os 2 primeiros classificavam para o decagonal final, onde entraria a dupla grenal. O Inter/SM ficou em quarto no Grupo B com 3V, 3E, 4D e foi eliminado. Ainda disputou a Copa Governador do Estado (Copa Governador do Estado - Euclides Triches). O regulamento era 29 clubes do interior divididos regionalmente em 4 grupos. Os 3 primeiros classificavam-se para a fase final, onde juntavam-se com mais 8 os clubes (Caxias, Aimoré, Novo Hamburgo, Esportivo, Santa Cruz, Cruzeiro, Gaúcho e Brasil/Pe) e o melhor levantava a taça. O Inter/SM foi líder do grupo 1 e classificou-se (6V,5E,1D). Na fase final, com 20 times, ficou em 10° (7V,6E,6D)

Em 1973 disputou o Campeonato Gaúcho. Foi disputado por 22 equipes: Cachoeira, Fluminense/SL, AESA, Atlético de Carazinho, Inter, Grêmio, Novo Hamburgo, Pelotas, Aimoré, Riograndense/RG, Gaúcho, Brasil/Pe, Esportivo, Inter/SM, Cruzeiro, São José, Santa Cruz, ACF, Guarany/BG, Avenida, Bagé e Ypiranga/ERE. O regulamento era: Grêmio e Internacional ficaram fora da primeira fase do campeonato, os outros 20 clubes fariam jogos entre si em turno único onde os 10 primeiros classificavam para a fase final, onde entraria a dupla grenal. Essa fase seria um turno e returno e a final seria entre os vencedores da cada turno. O Inter/SM ficou em décimo com 7V, 6E, 6D e classificou-se para a fase final onde ficou em décimo no 1°turno (1V,6E,4D) e terceiro no 2°turno (5V,3E,3D). Ainda disputou a Copa Governador do Estado (Copa Governador do Estado - Euclides Triches). O regulamento era 25 clubes do interior divididos regionalmente em 5 grupos. Os 2 primeiros classificavam-se para a fase final, onde juntavam-se com mais 10 clubes (Caxias, Aimoré, Bagé, Esportivo, Inter/SM, AESA, Gaúcho, Pelotas, São José e Brasil/Pe) e o melhor levantava a taça. O Inter foi 3° na fase final (11V,4E,4D) e levou uma vaga no Gauchão 1974

Em 1974 disputou o Campeonato Gaúcho. Foi disputado por 16 equipes: Inter, Grêmio (pré-classificados), Armour, ACF, ASCF, Atlético de Carazinho, Esportivo, Encantado, Novo Hamburgo, Inter/SM, São José, São Luiz, Gaúcho, Ypiranga (12 primeiros da Copa Governador do Estado 73), Riograndense/RG e Pratense (campeão/vice da Copa Cícero Soares 73). O regulamento era: Grêmio e Internacional ficaram fora da primeira fase do campeonato, os outros 14 clubes fariam jogos entre si em turno único onde os 8 primeiros classificavam para a fase final, onde entraria a dupla grenal. Essa fase seria um turno e returno e a final seria entre os vencedores da cada turno. O Inter ficou em segundo na primeira fase e classificou-se para o decagonal, onde ficou em quinto no primeiro turno com 3V, 3E, 3D e quinto no segundo turno com 2V, 4E, 3D

Em 1975 disputou o Campeonato Gaúcho. Foi disputado por 32 equipes: A.A Alegrete, ACF, AESA, ASCF, Cachoeira, Atlético/CAR, Aimoré, Esportivo, Atlântico, Elite, Encantado, Inter, Inter/SM, Inter/SB, Novo Hamburgo, Pelotas, São José, São Luiz, Riograndense/RG, Farroupilha, Guarany/GAR, Grêmio, Grêmio/SL, Bagé, Juventude de Guaporé, Guarany/BG, Lajeado, Gaúcho, Rio Grande, São Paulo/RG, Tupy e Ypiranga. O regulamento era: Grêmio e Internacional ficaram fora da primeira fase do campeonato, os outros 30 clubes foram divididos em 6 grupos, onde os três primeiros se classificavam para a fase final, que teria 20 times, em jogos somente de ida, onde os 4 primeiros fariam as finais. O Inter/SM ficou em primeiro colocado no grupo C (6V, 1E, 1D) e classificou-se para a fase final, onde ficou em sexto (7V, 7E, 5D). Ainda disputou a Copa Governador do Estado. Foi disputada por 54 equipes do interior e dava vagas ao Gauchão do ano seguinte e as Copinhas disputadas no segundo turno (Cícero Soares e Pedro Carneiro Filho). Eram várias fases classificatórias até as finais. O Inter/SM foi bem e levou uma vaga no Gauchão do ano seguinte

Em 1976 disputou o Campeonato Gaúcho. Foi disputado por 32 equipes: Ferrocarril, A.A Alegrete, Armour, Sá Viana, Juventude, Caxias, ASCF, Pradense, Santa Rosa, Atlético/CAR, Aimoré, Esportivo, Cruzeiro/PA, Atlântico, Estrela, Inter, Inter/SM, Inter/SB, Pelotas, São José, São Luiz, Riograndense/RG, Farroupilha, Guarany/GAR, Grêmio, Bagé, Juventude de Guaporé, Guarany/BG, Lajeado, Gaúcho, Tupy e Ypiranga. O regulamento era: Grêmio e Internacional ficaram fora da primeira fase do campeonato, os outros 30 clubes foram divididos em 6 grupos, onde os três primeiros se classificavam para a fase final, que teria 20 times, em jogos somente de ida, onde os 4 primeiros jogariam em dois turnos todos contra todos. Os vencedores de cada turno fariam a final. Caso o mesmo time vencesse os dois turnos, ganhava o direito de ser campeão com dois empates ou apenas uma única vitória. O Inter/SM ficou em segundo colocado no grupo F (3V, 4E, 1D) e classificou-se para a fase final, onde ficou em nono (5V, 9E, 5D)

Em 1977 disputou o Campeonato Gaúcho. Foi disputado por 24 equipes: Brasil/PE, AESA, 14 de Julho/PF, São Borja, Juventude, Caxias, ASCF, Cachoeira, São Paulo, Atlético/CAR, Esportivo, Cruzeiro/PA, Estrela, Inter, Inter/SM, Novo Hamburgo, Pelotas, São Luiz, Riograndense/SM, Grêmio, Bagé, Guarany/BG, Gaúcho e Ypiranga. O regulamento era: dois grupos com 12 times cada. Os vencedores classificavam para uma final do turno. Os 22 times que sobravam faziam um mata-mata (segundo contra segundo, terceiro contra terceiro...). Aí formava a classificação geral do primeiro turno. Depois era feita uma repescagem com os times da posição 8 até 18 (divididos em dois grupos de 5). Os dois campeões classificava para o decagonal final, em dois turnos, com os 8 primeiros. Os ganhadores de cada turno fariam a finalíssima.  O Inter/SM ficou em nono na primeira fase (5V, 5E, 3D) e foi para a repescagem, onde ficou em segundo no grupo A (4V, 3E, 1D) e foi eliminado

Em 1978 disputou a Copa Rubens Hoffmeister. Essa copa reunia somente times do interior. Eram 15 times divididos em 4 chaves com 4 times cada (um dos grupos tinha só 3 times). Os dois primeiros de cada grupo iriam fazer um octogonal (onde 4 iriam para o hexagonal final). Os perdedores iriam para outro grupo, onde dois iriam para o hexagonal final. Os dois campeões estariam classificados para a fase final do Gauchão 1978. O Inter-SM caiu no Grupo 3 ao lado de mais três equipes. Em 6 jogos, venceu 2, empatou 1 e perdeu 3 vezes. Foi o penúltimo do Grupo e classificou-se para o Grupo F (Grupo dos Perdedores). Na disputa do Grupo, foram os últimos. Em 12 jogos, venceu 1, empatou 5 e perdeu 6 vezes. Com isso, foram eliminados do torneio. Disputou ainda o confuso Gauchão, vencido pelo Inter.

Em 1979 foi campeão da Copa Governador do Estado (vitória por 1x0 na prorrogração sobre o Estrela por 1 a 0, gol de Hélio Oliveira, no Presidente Vargas. Também disputou o Campeonato Gaúcho. Foi disputado por 20 equipes: Brasil/PE, Farroupilha, 14 de Julho/PF, São Borja, Juventude, Caxias, Cachoeira, São Paulo, Avenida, Esportivo, Estrela, Inter, Inter/SM, Novo Hamburgo, Pelotas, Riograndense/SM, Grêmio, Bagé, Guarany/BG e Gaúcho. O regulamento era: Todos contra todos em um turno e returno. Os campeões de cada turno e os 6 melhores, somando os dois turnos, iam para o octogonal final, onde o primeiro seria o campeão. Vale destacar que os 4 primeiros do octogonal ganhavam vaga para o Brasileiro Série A 1980 e o quinto ao oitavo ganhavam vaga na Série B nacional.  O Inter/SM ficou em 9° no primeiro turno (6V, 7E, 6D) e 5° no segundo turno (9V, 6E, 4D), sendo eliminado do campeonato mesmo com a ótima campanha do segundo turno

Em 1980 disputou o Campeonato Gaúcho. Foi disputado por 16 equipes: Brasil/PE, Farroupilha, Lajeadense, São Borja, Juventude, Caxias, Esportivo, São Paulo/RG, Inter, Inter/SM, Novo Hamburgo, Pelotas, Grêmio, Bagé, Guarany/BG e Gaúcho. O regulamento era: As equipes se enfrentam em turno e returno. Os seis melhores classificados disputam o hexagonal final. São rebaixados os 6 últimos colocados na soma dos turnos. O Inter fez uma campanha espetacular no primeiro turno (ficou em 2°) e manteve o rendimento no segundo turno (7° lugar), garantindo vaga no hexagonal final, onde ficou em terceiro lugar e assim levou uma vaga para a Série B do brasileirão do ano seguinte

Em 1981 disputou o Campeonato Brasileiro Série B (Taça de Prata). Na primeira fase, as 48 equipes foram divididas em 6 grupos de 8 equipes cada. As equipes se enfrentaram dentro dos grupos em turno único, se classificando as duas melhores para a fase seguinte. Na segunda fase, as 12 equipes restantes foram divididas em 4 grupos com 3 equipes cada. As equipes se enfrentaram dentro dos próprios grupos, desta vez em turno e returno. Os campeões de cada grupo subiram para segunda fase da Série A do mesmo ano. Os segundos colocados disputaram as semifinais, que foi disputada em partidas de ida e volta com os vencedores decidindo o campeonato no mesmo sistema de ida e volta. O Inter caiu num grupo ao lado de Palmeiras, Comercial/MS, São Paulo/RG, Ferroviária, Criciúma, Novo Hamburgo e América/SP. Ficou em terceiro a um ponto da classificação (3V,1E,3D) e foi eliminado. Venceu o NH por 3x1, 3x1 no Criciúma e 1x0 no São Paulo. Contra o poderoso Palmeiras perdeu por 1x0 em São Paulo. Nesse ano ainda foi vice-campeão do Torneio Incentivo, perdendo a final para o São Paulo de Rio Grande. Disputou ainda o Campeonato Gaúcho. Foi disputado por 12 equipes: Armour, Inter/SM, Juventude, Novo Hamburgo, Grêmio, Brasil/Pe, Guarany/BG, Caxias, SER São Gabriel, São Borja, Inter e São Paulo/RG. O regulamento era: As equipes se enfrentam em turno e returno em jogos. Os oito melhores classificados disputam o octogonal final. São rebaixados os 2 últimos colocados na soma dos turnos. O Inter ficou em 5° na classificação final (6V, 11E, 5D), garantindo vaga no octogonal final, onde ficou em terceiro lugar (6V, 7E, 1D). Destaques positivos para as vitórias em cima da dupla Grenal: 2x0 no Internacional e 3x1 no Grêmio

Em 1982, foi vice-campeão da Copa RS, ao perder a final por 1x0 para o Esportivo, em Bento Gonçalves. Participou da primeira divisão do futebol brasileiro nesse ano. Ainda disputou o Campeonato Gaúcho. Foi disputado por 12 equipes: São José, Inter/SM, Juventude, Novo Hamburgo, Grêmio, Brasil/Pe, Guarany/BG, Caxias, Esportivo, São Borja, Inter e São Paulo/RG. O regulamento era: As equipes se enfrentam em turno e returno em jogos. Os seis melhores classificados disputam o hexagonal final. São rebaixados os 2 últimos colocados na soma dos turnos. O Inter/SM fez uma boa campanha, ficando em 6° na classificação final

Em 1983 disputou a Copa ACEG. Eram 10 clubes divididos em dois grupos de 5, onde os três primeiros de cada grupo jogariam a fase final, onde seriam distribuídos em outros dois grupos com 3 times cada. Os vencedores de cada grupo fariam a final do torneio. O Inter-SM caiu no Grupo 1 e foi o segundo, garantindo vaga na próxima fase. Em 8 jogos, ganhou 3, empatou 4 e perdeu 1, com destaque para a goleada aplica no Brasil-Pel por 3x0 em casa. Na fase final caiu no mesmo grupo de Esportivo e São Borja. Venceu duas, empatou uma e perdeu uma. Foi eliminado do torneio. Ainda em 1983 disputou o Campeonato Gaúcho. Foi disputado por 12 equipes: Bagé, Inter/SM, Juventude, Novo Hamburgo, Grêmio, Brasil/Pe, Aimoré, Caxias, Esportivo, São Borja, Inter e São Paulo/RG. O regulamento era: As equipes se enfrentam em turno e returno em jogos. Os oito melhores classificados disputam o octogonal final. Nesse ano não houve rebaixamento. O Inter fez uma campanha muito ruim e ficou em nono na classificação final (5V, 9E, 8D), sendo eliminado da competição ainda na primeira fase

Em 1984 disputou o Campeonato Brasileiro Série B (Taça de Prata), disputado por 32 equipes. O Inter enfrentou na primeira fase o União Bandeirante/PR – houve dois empates, 1x1 e 0x0 – mas o time gaúcho venceu nas penalidades por 4x2 e classificou-se. Na segunda fase a vítima foi o Volta Redonda, com duas vitórias gaúchas – 1x0 e 2x0. Na terceira fase eliminou o Central/PE (2x0 e 1x1). Chegou numa inédita semifinal e foi eliminado pelo Remo (0x0 e 0x3). Ficou em terceiro na classificação geral. Também disputou o Campeonato Gaúcho. Foi disputado por 14 equipes: Bagé, Inter/SM, Juventude, Novo Hamburgo, Grêmio, Brasil/Pe, Aimoré, Caxias, Esportivo, São Borja, Inter, Pelotas, Santa Cruz e São Paulo/RG. Seis equipes passam a fase final. Nesse ano dois clubes seriam rebaixados. O Inter fez uma campanha regular mas não avançou a fase final

Em 1985 disputou a Copa Bento Gonçalves. Eram 16 clubes (incluindo dupla Gre-Nal), divididos em 4 grupos com 4 clubes. Os dois primeiros se classificariam para o mata-mata (jogos ida e volta). O Inter-SM ficou no Grupo C, ao lado de Caxias, Aimoré e Inter-POA. Em 6 jogos, venceu 2, empatou 1 e perdeu 3. Foi eliminado ainda na fase de grupos. Nesse ano ainda disputou o Campeonato Gaúcho. Foi disputado por 14 equipes: Riograndense/RG, Inter/SM, Juventude, Novo Hamburgo, Grêmio, Brasil/Pe, Gaúcho, Caxias, Esportivo, São Borja, Inter, Pelotas, Santa Cruz e São Paulo/RG. O regulamento era dois turnos, onde os campeões de cada turno fariam as finais. Nesse ano dois clubes seriam rebaixados (somando os turnos). O Inter fez uma campanha regular mas não avançou a final. O Grêmio ganhou os dois turnos

Em 1986 disputou o Campeonato Gaúcho. Foi disputado por 14 equipes: Bagé, Inter/SM, Juventude, Novo Hamburgo, Grêmio, Brasil/Pe, Aimoré, Caxias, Esportivo, São Borja, Inter, Pelotas, Santa Cruz e São Paulo/RG. O regulamento era dois turnos, onde os 4 melhores fariam as finais. Nesse ano dois clubes seriam rebaixados (somando os turnos). O Inter/SM fez uma campanha regular mas não avançou a fase final. Nesse ano ainda disputou o Torneio Brasil Sul. Foi disputado por 6 equipes da região Sul do país: Inter/SM, São Paulo/RG, Matsubara/PR, Maringá/PR, Figueirense/SC e Hercílio Luz/SC. O time de Santa Maria foi mal e ficou entre os últimos

Em 1987 disputou a Copa Governador do Estado, famosa competição nos anos 70. Dessa vez reuniu apenas 5 clubes: Inter/SM, Lajeadense, Pelotas, Novo Hamburgo e São Paulo. O regulamento eram jogos entre si em ida e volta e levantava a taça quem tivesse mais pontos. O Inter  ficou em primeiro (4V,2E,2D). Acabou decidindo o título fora de casa na última rodada contra o Novo Hamburgo e precisava de um empate para levantar a taça, ficou no 1x1 e levou o inédito caneco para Santa Maria. Ainda nesse ano disputou o Campeonato Gaúcho. Foi disputado por 14 equipes: Lajeadense, Inter/SM, Juventude, Novo Hamburgo, Grêmio, Brasil/Pe, Passo Fundo, Caxias, Esportivo, São Borja, Inter, Pelotas, Santa Cruz e São Paulo/RG. O regulamento era dois turnos com jogos de ida. Os seis melhores na soma dos dois turnos fariam o hexagonal final. Nesse ano os dois últimos clubes seriam rebaixados (somando os turnos). O Inter fez uma boa campanha, ficou em sétimo e por pouco não se classificou (7V, 13E, 12D)

Em 1988 disputou o Campeonato Gaúcho. Foi disputado por 14 equipes: Lajeadense, Inter/SM, Juventude, Guarany/CA, Grêmio, Brasil/Pe, Passo Fundo, Caxias, Esportivo, Aimoré, Inter, Pelotas, Santa Cruz e São Paulo/RG. O regulamento era dois grupos de sete, todos do grupo A contra todos do grupo B. Os dois melhores de cada grupo fazem a semifinal em jogo único. Os vencedores da semifinal fazem a final. O vencedor é o campeão da primeira fase, se classifica e leva um ponto extra para o hexagonal final, onde se juntariam com os quatro melhores colocados no geral, em jogos todos contra todos. Nesse ano os oito clubes não classificados para o hexagonal disputam em turno e returno, por pontos corridos, o octogonal da morte. Os dois piores estão rebaixados. O Inter/SM ficou em 8° da classificação geral (4V,4E,5D) e teve que ir para o Torneio da Morte, onde ficou em 1° (8V,2E,4D) e se salvou do rebaixamento. Ainda nesse ano jogou o Torneio RBS 25 Anos, disputado entre o campeão gaúcho e o vencedor do torneio da morte. O Inter-SM enfrentou o poderoso Grêmio. No primeiro jogo no Olímpico foi goleado por 4x1. No segundo jogo, em Santa Maria, empatou em 0x0 e acabou ficando sem a taça. Ainda disputou o Brasileirão Série C. Seu regulamento era de: 43 equipes, divididas em 12 grupos. Os clubes jogaram em turno. Classificam-se para a próxima fase os dois primeiros de cada grupo. Na fase seguinte reagrupam-se em 6 grupos onde o primeirode cada classifica para a fase 3, disputadas em dois triangulares. Os vencedores fazem a final. O Inter ficou no Grupo 11 ao lado do Esportivo, Brusque e Figueirense. Ficou em último no grupo (3E,3D) e foi eliminado

Em 1989 disputou o Campeonato Gaúcho. Foi disputado por 14 equipes: Lajeadense, Inter/SM, Juventude, Novo Hamburgo, Grêmio, Glória, Passo Fundo, Caxias, Esportivo, Aimoré, Inter, Pelotas, Santa Cruz e São Paulo/RG. O Inter fez uma péssima campanha e terminou na lanterninha, acabou sendo rebaixado para a segundona

Em 1991 conquistou o Campeonato Gaúcho da Segunda Divisão, ao vencer o Ipiranga de Sarandi por 1x0, gol de Cássio, na casa do adversário.

Em 1992 disputou o Campeonato Gaúcho. Novamente com um inchaço de clubes, dessa vez sendo disputado por 22 equipes: Inter/SM, Lajeadense, Guarany/CA, Ypiranga, Juventude, Grêmio, Glória, Passo Fundo, Caxias, Esportivo, Inter, Grêmio Santanense, Pelotas, Santa Cruz, São Luiz, Guarani/VA, São Paulo, Aimoré, Brasil/Pe, Novo Hamburgo, Ta-guá e Dínamo/SR. Nesse ano o regulamento era o seguinte: dois grupos com 11 times se enfrentam em turno e returno. Os quatro melhores de cada grupo fazem dois quadrangulares, onde os vencedores de cada um deles fariam a finalíssima. Nesse ano, novamente, não houve rebaixamento. O Inter-SM ficou em quarto no grupo A (9V,7E,5D) e classificou-se para o quadrangular, onde ficou em último no grupo A (2E,4D)

Em 1993 disputou o inchado Campeonato Gaúcho, dessa vez sendo disputado por 24 equipes: Guarany/GA, Brasil de Farroupilha, Inter/SM, Lajeadense, Guarany/CA, Ypiranga, Juventude, Grêmio, Glória, Passo Fundo, Caxias, Esportivo, Inter, Grêmio Santanense, Pelotas, Santa Cruz, São Luiz, Guarani/VA, São Paulo, Aimoré, Brasil/Pe, Novo Hamburgo, Ta-guá e Dínamo/SR. Nesse ano o regulamento era o seguinte: as 22 equipes do interior jogam se enfrentam em turno/returno. Classificam as 14 primeiras colocadas que se somam a dupla grenal. As 16 equipes formam 4 grupos com 4 equipes, onde os dois primeiros classificam para um octogonal. O campeão desse octogonal levanta a taça. Seriam rebaixados os dois últimos na primeira fase. O Inter fez uma razoável campanha e ficou em 14° (7V,7E,7D), garantindo vaga na segunda fase, onde ficou em 1°do Grupo C (3V,1E,2D) e foi para o octogonal, onde ficou em 5° (1V,9E,4D)

Em 1994 disputou o Campeonato Gaúcho, dessa vez sendo disputado por 23 equipes: Guarany/GA, Bagé, Brasil de Farroupilha, Inter/SM, Lajeadense, Guarany/CA, Ypiranga, Juventude, Grêmio, Glória, Passo Fundo, Caxias, Esportivo, Inter, Grêmio Santanense, Pelotas, Santa Cruz, São Luiz, Guarani/VA, São Paulo, Aimoré, Brasil/Pe e Veranópolis. Esse foi o campeonato mais longo da história, durou de março a dezembro. Cada equipe fez incríveis 44 jogos. Nesse ano o regulamento era bem simples: todos contra todos em turno e returno e o primeiro levantava o caneco, porém houve uma espécie de rebaixamento em massa, pois o regulamento dizia que do 15 ao 23° iriam jogar a Segundona do ano seguinte. O Inter/SM fez uma campanha ruim, ficou em 18° e foi rebaixado (13V,13E,18D)

Em 1995 disputou o Campeonato Gaúcho (nesse ano teve uma grande confusão, pois a elite foi dividida em Série A e B. A Série B era uma Divisão Intermediaria. Os clubes eram campeões de seus grupos e subiram para a “primeira divisão” no mesmo ano. Em tese seria a atual Segundona. Também teve a 2°divisão, que é em tese seria a atual Terceirona). A “Série A” foi disputado por 14 equipes: Guarani-VA, Juventude, Pelotas, São Luiz, Santa Cruz, Brasil/PE, Glória, Grêmio, Grêmio/SL, Brasil-Far, Caxias, Inter, Veranópolis e Ypiranga. A “Série B” tinha 10 equipes: Guarany/GA, Inter/SM, Passo Fundo, Atlético de Carazinho, 15 de Campo Bom, Esportivo, Lajeadense, Aimoré, Bagé e Guarany/CA. Nesse ano o regulamento era: Na Série A todos contra todos em turno e returno. Os 6 primeiros se classificam para o octogonal final junto com os dois primeiros da “série B” (Esportivo e Atlético de Carazinho que classificaram). Na série B todos jogam contra todos e os 6 primeiros se classificam para formar dois grupos com 3 times, onde os vencedores disputam o octogonal. O octogonal seria dividido em dois grupos de 4 onde os vencedores fariam a final. O rebaixamento seria disputado em um torneio da Morte entre os quatro últimos da “Série B”. O Inter/Sm foi o 3° da Série B (8V,4E,6D) e classificou-se para o hexagonal onde ficou em 3° do grupo A (2E,2D)

Em 1996 disputou o Campeonato Gaúcho (nesse ano repetiu-se a fórmula do ano anterior, com 14 times na Série A e 14 times na Série B). A “Série A” participou: Guarani-VA, Atlético de Carazinho, Esportivo, Juventude, Pelotas, São Luiz, Glória, Grêmio, Grêmio/SL, Brasil-Far, Caxias, Inter, Veranópolis e Ypiranga.  A “Série B” tinha: Guarany/GA, Inter/SM, Passo Fundo, Santa Cruz, Brasil/PE, 15 de Campo Bom, Palmeirense, Aimoré, Santo Ângelo, Taquariense, 14 de Julho/SL, Rio Grande, São Paulo e Pratense. Nesse ano o regulamento era: Na Série A eram dois grupos em jogos entre grupos (turno) e dentro dos seus grupos (returno). O primeiro de cada grupo (turno e returno) se classifica direto para o octogonal final junto com o quinto e sexto colocado da classificação geral. Na série B são dois grupos, onde os 4 primeiros classificam para um octogonal (aqui são divididos em dois grupos de quatro, onde o primeiro ia para a fase final do gauchão – Santo Ângelo e Brasil/Pe). O rebaixamento seria disputado em um torneio da Morte entre os quatro últimos da “Série B”. O Inter fez uma boa campanha na “Série B”. Na fase de grupos foi o 2° (7V,1E,4D) do grupo B. No quadrangular dos classificados caiu no grupo 1 e ficou em 3°, sendo eliminado da competição.

Em 1997 disputou a Copa Galego. Eram 12 times divididos em dois grupos, onde os 4 primeiros de cada grupo se classificariam para a segunda fase, onde seria formado dois novos grupos de 4 times. Os campeões desses grupos fariam a final da competição. O Inter-SM ficou no grupo 1 e foi o campeão (6V, 2E, 2D). Classificou-se para a segunda fase, onde acabou ficando em segundo no novo grupo formado (2V, 2E, 2D). Foi eliminado. Ainda disputou o Brasileirão Série C. Seu regulamento era de: 64 equipes, divididas em 16 grupos de 4. Os clubes jogaram em turno e returno dentro das chaves. Classificam-se para a próxima fase os dois primeiros de cada grupo. Na segunda, terceira e quarta fase, as equipes enfretaram-se em mata-mata e os últimos 4 ganhadores, destes confrontos, disputaram fase de turno e returno cujo os dois melhores subiram ao Série B de 1998. O Inter caiu no grupo 14 ao lado do Ponta Grossa/PR, 15 de Novembro e Chapecoense. Foi o segundo colocado (3V,1E,2D) e garantiu sua classificação. Na segunda fase acabou sendo eliminado pelo União Bandeirante/PR – 0x0 e 1x2. Também disputou o Campeonato Gaúcho (nesse ano repetiu-se a fórmula do ano anterior, com 14 times na Série A e 14 times na Série B - Os melhores colocados da B sobem no mesmo ano para a fase final da Série A). O Inter fez uma boa campanha na “Série B”. Na primeira fase, onde caiu no grupo B, foi o quarto colocado (5V,4,3D) e classificou-se para um quadrangular final, onde o primeiro iria disputar a fase final da Série A. Ficou em terceiro (2V,1E,3D) e despediu-se do campeonato

Em 1998 disputou o Campeonato Gaúcho "Série B" e subiu para elite do ano seguinte.

Em 1999 participou de uma seletiva para a série C do Campeonato Brasileiro. Foi disputada por Santo Angelo, Inter/Sm, São Luiz, São José e Pelotas. Todos contra todos em jogo só de ida, os três primeiros se classificava. Nas semifinais e finais os jogos seriam de ida e volta. O Inter ficou em primeiro (1V,3E). Foi para a semifinal e enfrentou o São Luiz , onde foi eliminado nas penalidades, após cada um vencer uma partida por 1x0. Ainda disputou o Campeonato Gaúcho “Divisão A” e foi rebaixado para a segundona.

Em 2000 disputou o Módulo Branco da Copa João Havelange (times da Série C da região Sul e Sudeste). Regulamento: 27 clubes divididos em 3 grupos de 7 e 1 grupo de 6. Jogos dentro dos grupos, em dois turnos. Classificam-se os 3 primeiros de cada grupo Segunda Fase: 12 clubes divididos em 3 grupos de 4. Jogos dentro dos grupos em 2 turnos. Classifica-se o primeiro de cada grupo, mais o melhor segundo lugar. Terceira Fase 8 clubes, divididos em 2 grupos de 4. Jogos dentro dos grupos em 2 turnos. Classifica-se apenas o primeiro de cada grupo. Fase Final: os 2 classificados da fase anterior enfrentam-se em sistema de ida e volta. Apenas o vencedor vai para a Fase Final da Copa João Havelange. O Inter ficou no grupo H, ao lado de Rio Branco/PR, Portuguesa Santista, Santo André, Ituano e Olaria. Nesse grupo da morte, ficou em último (2V,2E,6D, levando 21 gols nos 10 jogos). Suas vitórias foram 1x0 no Olaria e 3x0 no Santo André, ambas em casa. Ainda disputou o Campeonato Gaúcho que foi chamado de Copa Sport Club Rio Grande - Um Século de Futebol, inclusive tendo o SC Rio Grande como convidado. No total foi disputado por 17 clubes, onde a dupla grenal e o Juventude entram na segunda fase. A primeira fase foi dividida em dois grupos com 7 equipes cada. No grupo 1 classificou-se dois times (Esportivo, Caxias, Veranópolis, São José, Rio Grande, Pelotas e Inter/SM) e no grupo 2 classificou-se 3 times (15 de Campo Bom, Passo Fundo, Santa Cruz, Guarani/VA, Santo Angelo, São Luiz e Avenida). Os dois últimos foram rebaixados. O Inter/SM foi o último do seu grupo (1v,6E,5D) e foi rebaixado para a Segundona

Em 2002, por nove meses, passou a se chamar Santa Maria Esporte Clube. A ideia de marketing era transformar a marca. Porém não deu certo...

Em 2003 disputou o Torneio de Verão Cidade de São Gabriel. Eram 4 times disputando. O Inter-SM fez o primeiro jogo contra a Ulbra, empatou em 0x0 no tempo normal e perdeu nas penalidades por 8x7. Na decisão do terceiro lugar contra o São José-CS, empate em 1x1 no tempo normal e nova derrota nas penalidades, agora por 5x4.

Em 2004 disputou a Copa RS (Copa Colombo/LG). Essa competição disputada após o Gauchão trazia 28 equipes, distribuídas em 5 grupos, onde os 3 melhores iriam para as oitavas de final (exceção no grupo A classificava-se 4 times). O Inter-SM ficou no grupo A ao lado de mais 5 times. Disputou 10 jogos.  Acabou em quarto colocado (5V, 2E, 3D) e classificou-se para as oitavas de final onde enfrentou o Farroupilha, empatou em 1x1 em casa no primeiro jogo e empatou em 0x0 em Pelotas, dando adeus a competição

Em 2005 disputou a Copa RS (Copa Big/Brasil Telecom). Eram 28 times divididos em 4 grupos, onde 16 times passariam para a segunda fase, onde seriam divididos em 4 grupos. Os dois primeiros de cada iam para as quartas de final. O Inter/SM caiu no Grupo B ao lado de outros 5 times. Ficou em penúltimo do grupo (2V, 8D) e foi eliminado

Em 2007, após sete anos participando da segunda divisão estadual, a equipe comandada por Bebeto Rosa regressou à Primeira Divisão do campeonato estadual vencendo o Pelotas por 2 a 1 na Baixada Melancólica com os gols de Cirilo e Alê Menezes.

Em 2008 disputou o Campeonato Gaúcho. Foi disputado por 16 clubes divididos em 2 grupos de 8. Os 4 primeiros de cada grupo classificam-se para as quartas de final. O último de cada grupo é rebaixado. O Inter foi o 2° do grupo 2 (7V;5E;2D) e garantiu presença nas quartas onde eliminou a Sapucaiense (1x2 fora e 2x0 casa). Na semi caiu diante do Juventude (1x0 fora e 2x4 casa) e garantiu uma vaga no Brasileirão Série C que foi disputado por 63 clubes em 4 fases. A primeira fase foram agrupados em 16 chaves onde classificam-se os dois primeiros. Na segunda fase os 32 clubes classificados foram divididos em 8 grupos, também regionais, de 4 clubes cada, onde jogaram em turno e returno. Os dois primeiros de cada grupo passaram para a fase seguinte. Na terceira fase os 16 clubes classificados foram divididos em 4 grupos de 4 clubes cada, onde jogaram em turno e returno, onde se classificam os dois primeiros de cada. Na fase final os 8 clubes classificados jogaram entre si em turno e returno onde os 4 primeiros garantem acesso. O Inter ficou no Grupo 15 (ao lado do Toledo/PR, Marcilio Dias/SC e Eng.Beltrão/PR). Foi o terceiro colocado, um ponto atrás do segundo, e foi eliminado ainda na primeira fase (2V,2E,2D). Suas vitórias foi 1x0 no Marcilio e 3x0 no Eng.Beltrão

Em 2009 disputou o Campeonato Gaúcho. No primeiro turno (Taça Fernando Carvalho), os 9 clubes de um grupo enfrentam os 9 clubes do outro grupo, classificando os quatro primeiros para as fases seguintes onde se enfrentam em jogo único. No segundo turno, os 9 clubes jogam dentro dos grupos, seguindo o mesmo regulamento. Os vencedores de cada turno decidem o campeonato. O último de cada grupo, ao final dos dois turnos será rebaixado. O Inter ficou em penúltimo do grupo 1 da Taça FC (1V,2E,5D) e foi eliminado. Na Taça FK ficou em 3° no grupo 1 (4V,1E,2D) e classificou-se para as quartas onde foi eliminado pela ULBRA fora de casa por 2x0

Em 2010 disputou o Campeonato Gaúcho. No primeiro turno (Taça Fernando Carvalho), os 9 clubes de um grupo enfrentam os 9 clubes do outro grupo, classificando os quatro primeiros para as fases seguintes onde se enfrentam em jogo único. No segundo turno, os 9 clubes jogam dentro dos grupos, seguindo o mesmo regulamento. Os vencedores de cada turno decidem o campeonato. O último de cada grupo, ao final dos dois turnos será rebaixado. O Inter ficou em 3° do grupo 1 da Taça FC (2V,2E,4D) e classificou-se para as quartas onde eliminou o São José fora de casa por 2x0. Na semifinal foi goleado pelo Grêmio por 4x1 no Olímpico e despediu-se da competição. Na Taça FK ficou em 3° novamente (3V,1E,3D) e classificou-se para as quartas onde foi eliminado pelo Zequinha, dessa vez nas penalidades após empate em 0x0 – fora de casa

Em 2011 disputou o Campeonato Gaúcho. No primeiro turno (Taça Piratini), os 8 clubes de um grupo enfrentam os 8 clubes do outro grupo, classificando os 4 primeiros para as fases seguintes onde se enfrentam em jogo único. No segundo turno (Taça Farroupilha), os 8 clubes jogam dentro dos grupos, seguindo o mesmo regulamento. Os vencedores de cada turno decidem o campeonato. O último de cada grupo, ao final dos dois turnos será rebaixado. O Inter ficou em 6° do grupo 2 da TP (1V,3E,4D) e foi eliminado. Na TF ficou em penúltimo (1V,5D) e foi eliminado. Na soma dois turnos foi o penúltimo e com isso foi rebaixado para a Segundona.

Em 2012 disputou a Copa FGF (Copa Hélio Dourado) contando com a participação de 22 clubes, divididos em 3 grupos, onde somente o último não se classificava para as oitavas. O campeão garantirá uma vaga na Série D de 2013, e o vice, na Copa do Brasil de 2013. O Inter/SM caiu no grupo 2 e ficou na lanterna (2V, 2E, 8D) e foi eliminado.

 

TÍTULOS

  • Campeão do Interior: 1981
  • Campeão Gaúcho - 2ª Divisão: 1968, 1991 e 1998*
  • Vice-Campeão Gaúcho 2ª Divisão: 2007
  • Campeão Citadino de Santa Maria: 1942, 1944, 1945, 1946, 1949, 1950, 1951, 1962, 1965, 1966, 1967, 1968, 1969 e 1970.
  • Campeão da Copa Governador do Estado: 1979 e 1987
  • Vice-campeão Taça RBS: 1988
  • Campeão Octogonal Gauchão:1988
  • Campeão Seletiva Taça CBF: 1984
  • Campeão Regional: 1945, 1966
  • Campeão Torneio Quadrangular: 1968
  • Vice-campeão Copa RS: 1982
  • Vice-campeão Copa Aceg: 1986
  • Vice-campeão Torneio Incentivo: 1981

*Não é a Segundona que existe hoje, na época a elite foi dividida em Divisão A e Divisão B (que o Inter ganhou). A Segundona tinha outros times.

 

ESTÁDIO

Estádio Presidente Vargas, também conhecido como Baixada Melancólica, com capacidade para 6.000 pessoas

 

Após vexame na Zona Sul, Santo Ângelo  vence Inter-SM por 3 a 2 em Santa Maria

Foto:Marcio Caetano/ Assesoria de Imprensa Inter-SM/JM