Esporte Clube Passo Fundo

Esporte Clube Passo Fundo

 

Fundado em 10/01/1986 em Passo Fundo

 

CAMISA ANO 2012

 

 

 

 

 

 

Em 2004 disputou o Campeonato Gaúcho. O Grupo 1 foi formado pelas duplas Grenal e Caju e os quatro primeiros colocados do campeonato de 2003 (Santa Cruz, 15 de Campo Bom, São Gabriel e Glória). Esses oito clubes são divididos em duas chaves. Os dois primeiros de cada chave fazem as semifinais e os vencedores de fazem a final do Grupo e estão classificados para a semifinal do Campeonato Gaucho de 2004. Após o encerramento dos jogos do Grupo 1, os quatro primeiros colocados do Grupo 2/2003 são integrados ao Grupo 2, formado ainda pelas demais 10 equipes. Turno e returno. Os dois primeiros passam para a semifinal do Campeonato Gaucho de 2004. O PF ficou em 6° no grupo 2 (9V,10E,7D) e foi eliminado. Ainda disputou a Copa RS (Copa Colombo/LG). Essa competição disputada após o Gauchão trazia 28 equipes, distribuídas em 5 grupos, onde os 3 melhores iriam para as oitavas de final (exceção no grupo A classificava-se 4 times). O Passo Fundo ficou no grupo E ao lado de mais 4 times. Disputou 8 jogos.  Acabou em penúltimo do grupo (2V, 2E, 4D) e foi eliminado

Em 2005 disputou o Campeonato Gaúcho. Foi disputado por 18 clubes divididos em 3 grupos de 6. Classificam-se os 3 primeiros do grupo 1 e 2  mais os dois primeiros do grupo 3. Esses 8 classificados formam dois grupos, onde o primeiro de cada fazem as finais. Os rebaixados serão apontados na Copa Emidio Perondi. O Passo Fundo foi o terceiro do grupo 3 com 12 pontos (3V,3E,4D) e foi eliminado. Então disputou a Copa Emidio Perondi. Eram 14 times divididos em 2 grupos, onde os 2 primeiros de cada classificava para as semifinais. O Passo Fundo caiu no grupo A ao lado de 6 times. Ficou em penúltimo (3V, 1E, 8D) e foi eliminado. disputou a Copa RS (Copa Big/Brasil Telecom). Eram 28 times divididos em 4 grupos, onde 16 times passariam para a segunda fase, onde seriam divididos em 4 grupos. Os dois primeiros de cada iam para as quartas de final. O Passo Fundo caiu no Grupo D ao lado de outros 5 times. Ficou em terceiro no grupo (5V, 2E e 3D) e classificou-se para a fase seguinte, com destaque para a goleadas de 6x2 aplicada no Nacional de Cruz Alta. Na fase seguinte caiu no grupo ao lado de Brasil/PE, Novo Hamburgo e Sapiranga. Em 6 jogos, venceu dois e perdeu quatro. Ficou em último e foi eliminado.

Em 2006 disputou o Campeonato Gaúcho. Foi disputado por 18 clubes divididos em 3 grupos de 6. Classificam-se os 3 primeiros do grupo 2 e 3  mais os dois primeiros do grupo 1. Esses 8 classificados formam dois grupos, onde o primeiro de cada fazem as finais. Os rebaixados serão apontados na Copa Emidio Perondi. O Passo Fundo foi o lanterna do grupo 1 (2V,1E,7D) e foi eliminado. Levou duas goleadas humilhantes: 5x0 para a ULBRA e 4x0 para o Inter e ainda perdeu os dois clássicos diante do rival Gaúcho: 1x3 e 0x2. Tal desastre se consumaria na Copa Emidio Perondi onde o clube seria rebaixado para a Segundona. Disputou a Copa Emidio Perondi. Eram 10 times dividos em dois grupos de 5 times. O campeão de cada grupo faziam a final e o últimos de cada grupo seria rebaixado a Segundona Gaúcha. O campeão garantiria vaga na Série C do mesmo ano. O Passo Fundo ficou em último no Grupo A (3V, 1E, 4D), com a mesma pontuação, número de vitórias e saldo de gols do São José/CS e foi rebaixado para Segundona Gaúcha do ano seguinte pelo número de gols marcados (12 contra 16 do SJ)

Em 2008 disputou a Copa FGF (Copa Lupi Martins). Eram 18 equipes divididos em 2 grupos de 9 times, onde apenas os últimos de cada grupo não iriam para a segunda fase. O campeão garantiria vaga na Série D 2009 e na Recopa Sul-Brasileira 2008. O Passo Fundo acabou em sexto no Grupo A (5V, 4E, 7D) e foi para a segunda fase, onde foi eliminado pelo Riograndense-SM (4x0 casa e 0x6 fora)

Em 2011 disputou a Copa FGF (Copa Laci Ughini). Eram 22 times divididos em três grupos com jogos turno e returno. Classificam-se os cinco primeiros de cada grupo mais o melhor sexto colocado. O campeão levava ainda uma vaga na Série D 2012 e o vice uma vaga na Copa do Brasil 2013. O Passo Fundo caiu no grupo 2, ficou em quinto (5V, 3E, 4D) e classificou-se para as oitavas, onde foi eliminado pelo Novo Hamburgo (1x0 casa e 0x3 fora).

Em 2013 disputou o Campeonato Gaúcho. No primeiro turno (Taça Piratini), os 8 clubes de um grupo enfrentam os 8 clubes do outro grupo, classificando os 4 primeiros para as fases seguintes onde se enfrentam em jogo único. No segundo turno (Taça Farroupilha), os 8 clubes jogam dentro dos grupos, seguindo o mesmo regulamento. Os vencedores de cada turno decidem o campeonato. Os três últimos na classificação geral serão rebaixados. O Passo Fundo ficou em penúltimo do grupo 1 da TP (2V,2E,4D) e foi eliminado. Na TF ficou em segundo (2V,3E,2D) e garantiu vaga nas quartas, onde foi eliminado em casa nas penalidades diante do Veranópolis, após empatar sem gols no tempo normalAinda disputou a Copa FGF (Copa Willy Sanvitto). Eram 16 times disputando jogos em mata-mata desde o inicio. Na primeira fase, se o escore do visitante for igual ou superior à 2 gols, não há jogo de volta. O Passo Fundo enfrentou de cara o Aimoré e classificou-se (1x1 fora e 3x0 casa. Depois foi eliminado pelo Pelotas (1x2 casa e 0x1 fora).  Ainda em 2013 disputou o Campeonato da Região Serrana. Eram 6 times participando. O campeão ganhava uma vaga na Supercopa Gaúcha. Os times ficaram em apenas um grupo, onde os 4 melhores fariam as semifinais. Eram dois turnos. Os campeões de cada turno fariam a final. No primeiro turno, o Passo Fundo ficou em primeiro (4V, 1E) e garantiu presença nas semifinais, onde eliminou o Lajeadense (1x1 fora e 2x1 casa). Na final contra o Juventude, foi o campeão do turno e garantiu vaga na decisão (2x4 fora e 2x0 casa). No segundo turno, ficou em primeiro novamente (3V, 2E) e garantiu presença nas semifinais, onde eliminou o Riopardense (1x0 fora e 2x1 casa). Na decisão contra o Lajeadense, precisava ganhar para ser campeão antecipado. Em Lajeado venceu por 1x0 e levou a decisão para o Vermelhão da Serra, onde foi surpreendido e derrotado por 1x0, nas penalidades perdeu por 4x1 e a chance do título antecipado. Porém , na decisão a sorte virou novamente para o time vermelho contra o mesmo Lajeadense. No jogo de Lajeado, empate em 0x0. Em casa, venceu por 2x1 e levou a taça. Por esse título, ganhou o direito de disputar a Supercopa Gaúcha. Essa competição foi disputada pelos vencedores do Campeonato da Região Metropolitana (Novo Hamburgo), Sul-Fronteira (Pelotas), Serrana (Passo Fundo) e Copa Willy Sanvitto (Inter B, vice-campeão, pois o Novo Hamburgo que foi o campeão, também havia vencido a Copa Metropolitana). A sede dos jogos foi em Pelotas. O Passo Fundo encarou na semifinal o Inter B, em jogo único e foi derrotado por 2x1, ficando fora da final.

Em 2014 disputou o Campeonato Gaúcho. Assim como nos últimos anos, a disputa envolveu 16 clubes distribuídos em duas chaves. Diferente como foi as últimas edições, teve turno único. Os 4 primeiros de cada grupo terão vaga nas fases de mata-mata. As quartas-de-final e semifinal serão disputadas em uma partida, enquanto que a final sera disputada em dois jogos. Os três primeiros colocados garantem vaga na Copa do Brasil de 2015. Os três piores são rebaixados para a Segundona. O Passo Fundo foi quarto no grupo B (5V,4E,6D) e foi eliminado, pois perdeu 9 pontos na justiça. Seria rebaixado, mas depois do fim do campeonato recuperou os pontos

Em 2015 disputou o Campeonato Gaúcho. Os 16 clubes jogam em turno único, onde os 8 primeiros seguem adiante. Nas quartas e semifinal em jogos eliminatórios. A final é em dois jogos. Os três primeiros colocados disputarão a Copa do Brasil de 2016. Os três piores são rebaixados para a Segundona. O PF foi o 9° da primeira fase (5V,5E,5D) e foi eliminado

Em 2016 jogou o Gauchão e caiu na primeira fase

Em 2017 foi rebaixado para a Segundona

 

 

     
     
1986 FUNDAÇÃO Fundado em 10 de janeiro em Passo Fundo
1987 Gauchão  10°
1988 Gauchão  11°
1989 Gauchão 
1990 Gauchão  12°
1991 Gauchão
1992 Gauchão Lanterna
1993 Gauchão Eliminado na segunda fase
1994 Gauchão 15° e rebaixado para a Série B
1995 Gauchão Série B
Copa João Giugliani Filho

 
Eliminado na segunda fase
Eliminado na primeira fase 

 
1996 Gauchão Série B
1997 Gauchão Série B
Copa Galego
Eliminado na segunda fase
Eliminado na segunda fase
1998 Gauchão Série B
Copa Abilio dos Reis
Eliminado na primeira fase
4° (ganhou vaga para a elite do gauchão no ano seguinte)
1999 Gauchão
Copa Mais Fácil
Eliminado na segunda fase
Lanterna
2000 Gauchão Eliminado no octogonal final
2001 Gauchão
Brasileiro Série C
Eliminado na primeira fase
Eliminado na primeira fase
2002 Gauchão Eliminado na primeira fase
2003 Gauchão Eliminado na primeira fase