Esporte Clube Passo Fundo

Esporte Clube Passo Fundo

 

Fundado em 10/01/1986 em Passo Fundo

 

CAMISA ANO 2012

 

 

 

 

 

 

Em 2004 disputou o Campeonato Gaúcho. O Grupo 1 foi formado pelas duplas Grenal e Caju e os quatro primeiros colocados do campeonato de 2003 (Santa Cruz, 15 de Campo Bom, São Gabriel e Glória). Esses oito clubes são divididos em duas chaves. Os dois primeiros de cada chave fazem as semifinais e os vencedores de fazem a final do Grupo e estão classificados para a semifinal do Campeonato Gaucho de 2004. Após o encerramento dos jogos do Grupo 1, os quatro primeiros colocados do Grupo 2/2003 são integrados ao Grupo 2, formado ainda pelas demais 10 equipes. Turno e returno. Os dois primeiros passam para a semifinal do Campeonato Gaucho de 2004. O PF ficou em 6° no grupo 2 (9V,10E,7D) e foi eliminado. Ainda disputou a Copa RS (Copa Colombo/LG). Essa competição disputada após o Gauchão trazia 28 equipes, distribuídas em 5 grupos, onde os 3 melhores iriam para as oitavas de final (exceção no grupo A classificava-se 4 times). O Passo Fundo ficou no grupo E ao lado de mais 4 times. Disputou 8 jogos.  Acabou em penúltimo do grupo (2V, 2E, 4D) e foi eliminado

Em 2005 disputou o Campeonato Gaúcho. Foi disputado por 18 clubes divididos em 3 grupos de 6. Classificam-se os 3 primeiros do grupo 1 e 2  mais os dois primeiros do grupo 3. Esses 8 classificados formam dois grupos, onde o primeiro de cada fazem as finais. Os rebaixados serão apontados na Copa Emidio Perondi. O Passo Fundo foi o terceiro do grupo 3 com 12 pontos (3V,3E,4D) e foi eliminado. Então disputou a Copa Emidio Perondi. Eram 14 times divididos em 2 grupos, onde os 2 primeiros de cada classificava para as semifinais. O Passo Fundo caiu no grupo A ao lado de 6 times. Ficou em penúltimo (3V, 1E, 8D) e foi eliminado. disputou a Copa RS (Copa Big/Brasil Telecom). Eram 28 times divididos em 4 grupos, onde 16 times passariam para a segunda fase, onde seriam divididos em 4 grupos. Os dois primeiros de cada iam para as quartas de final. O Passo Fundo caiu no Grupo D ao lado de outros 5 times. Ficou em terceiro no grupo (5V, 2E e 3D) e classificou-se para a fase seguinte, com destaque para a goleadas de 6x2 aplicada no Nacional de Cruz Alta. Na fase seguinte caiu no grupo ao lado de Brasil/PE, Novo Hamburgo e Sapiranga. Em 6 jogos, venceu dois e perdeu quatro. Ficou em último e foi eliminado.

Em 2006 disputou o Campeonato Gaúcho. Foi disputado por 18 clubes divididos em 3 grupos de 6. Classificam-se os 3 primeiros do grupo 2 e 3  mais os dois primeiros do grupo 1. Esses 8 classificados formam dois grupos, onde o primeiro de cada fazem as finais. Os rebaixados serão apontados na Copa Emidio Perondi. O Passo Fundo foi o lanterna do grupo 1 (2V,1E,7D) e foi eliminado. Levou duas goleadas humilhantes: 5x0 para a ULBRA e 4x0 para o Inter e ainda perdeu os dois clássicos diante do rival Gaúcho: 1x3 e 0x2. Tal desastre se consumaria na Copa Emidio Perondi onde o clube seria rebaixado para a Segundona. Disputou a Copa Emidio Perondi. Eram 10 times dividos em dois grupos de 5 times. O campeão de cada grupo faziam a final e o últimos de cada grupo seria rebaixado a Segundona Gaúcha. O campeão garantiria vaga na Série C do mesmo ano. O Passo Fundo ficou em último no Grupo A (3V, 1E, 4D), com a mesma pontuação, número de vitórias e saldo de gols do São José/CS e foi rebaixado para Segundona Gaúcha do ano seguinte pelo número de gols marcados (12 contra 16 do SJ)

Em 2008 disputou a Copa FGF (Copa Lupi Martins). Eram 18 equipes divididos em 2 grupos de 9 times, onde apenas os últimos de cada grupo não iriam para a segunda fase. O campeão garantiria vaga na Série D 2009 e na Recopa Sul-Brasileira 2008. O Passo Fundo acabou em sexto no Grupo A (5V, 4E, 7D) e foi para a segunda fase, onde foi eliminado pelo Riograndense-SM (4x0 casa e 0x6 fora)

Em 2011 disputou a Copa FGF (Copa Laci Ughini). Eram 22 times divididos em três grupos com jogos turno e returno. Classificam-se os cinco primeiros de cada grupo mais o melhor sexto colocado. O campeão levava ainda uma vaga na Série D 2012 e o vice uma vaga na Copa do Brasil 2013. O Passo Fundo caiu no grupo 2, ficou em quinto (5V, 3E, 4D) e classificou-se para as oitavas, onde foi eliminado pelo Novo Hamburgo (1x0 casa e 0x3 fora).

Em 2013 disputou o Campeonato Gaúcho. No primeiro turno (Taça Piratini), os 8 clubes de um grupo enfrentam os 8 clubes do outro grupo, classificando os 4 primeiros para as fases seguintes onde se enfrentam em jogo único. No segundo turno (Taça Farroupilha), os 8 clubes jogam dentro dos grupos, seguindo o mesmo regulamento. Os vencedores de cada turno decidem o campeonato. Os três últimos na classificação geral serão rebaixados. O Passo Fundo ficou em penúltimo do grupo 1 da TP (2V,2E,4D) e foi eliminado. Na TF ficou em segundo (2V,3E,2D) e garantiu vaga nas quartas, onde foi eliminado em casa nas penalidades diante do Veranópolis, após empatar sem gols no tempo normalAinda disputou a Copa FGF (Copa Willy Sanvitto). Eram 16 times disputando jogos em mata-mata desde o inicio. Na primeira fase, se o escore do visitante for igual ou superior à 2 gols, não há jogo de volta. O Passo Fundo enfrentou de cara o Aimoré e classificou-se (1x1 fora e 3x0 casa. Depois foi eliminado pelo Pelotas (1x2 casa e 0x1 fora).  Ainda em 2013 disputou o Campeonato da Região Serrana. Eram 6 times participando. O campeão ganhava uma vaga na Supercopa Gaúcha. Os times ficaram em apenas um grupo, onde os 4 melhores fariam as semifinais. Eram dois turnos. Os campeões de cada turno fariam a final. No primeiro turno, o Passo Fundo ficou em primeiro (4V, 1E) e garantiu presença nas semifinais, onde eliminou o Lajeadense (1x1 fora e 2x1 casa). Na final contra o Juventude, foi o campeão do turno e garantiu vaga na decisão (2x4 fora e 2x0 casa). No segundo turno, ficou em primeiro novamente (3V, 2E) e garantiu presença nas semifinais, onde eliminou o Riopardense (1x0 fora e 2x1 casa). Na decisão contra o Lajeadense, precisava ganhar para ser campeão antecipado. Em Lajeado venceu por 1x0 e levou a decisão para o Vermelhão da Serra, onde foi surpreendido e derrotado por 1x0, nas penalidades perdeu por 4x1 e a chance do título antecipado. Porém , na decisão a sorte virou novamente para o time vermelho contra o mesmo Lajeadense. No jogo de Lajeado, empate em 0x0. Em casa, venceu por 2x1 e levou a taça. Por esse título, ganhou o direito de disputar a Supercopa Gaúcha. Essa competição foi disputada pelos vencedores do Campeonato da Região Metropolitana (Novo Hamburgo), Sul-Fronteira (Pelotas), Serrana (Passo Fundo) e Copa Willy Sanvitto (Inter B, vice-campeão, pois o Novo Hamburgo que foi o campeão, também havia vencido a Copa Metropolitana). A sede dos jogos foi em Pelotas. O Passo Fundo encarou na semifinal o Inter B, em jogo único e foi derrotado por 2x1, ficando fora da final.

 

 

 

 

 

 

     
     
1986 FUNDAÇÃO Fundado em 10 de janeiro em Passo Fundo
1987 Gauchão  10°
1988 Gauchão  11°
1989 Gauchão 
1990 Gauchão  12°
1991 Gauchão
1992 Gauchão Lanterna
1993 Gauchão Eliminado na segunda fase
1994 Gauchão 15° e rebaixado para a Série B
1995 Gauchão Série B
Copa João Giugliani Filho

 
Eliminado na segunda fase
Eliminado na primeira fase 

 
1996 Gauchão Série B
1997 Gauchão Série B
Copa Galego
Eliminado na segunda fase
Eliminado na segunda fase
1998 Gauchão Série B
Copa Abilio dos Reis
Eliminado na primeira fase
4° (ganhou vaga para a elite do gauchão no ano seguinte)
1999 Gauchão
Copa Mais Fácil
Eliminado na segunda fase
Lanterna
2000 Gauchão Eliminado no octogonal final
2001 Gauchão
Brasileiro Série C
Eliminado na primeira fase
Eliminado na primeira fase
2002 Gauchão Eliminado na primeira fase
2003 Gauchão Eliminado na primeira fase
2004    
2005    
2006    
2007    
2008    
2009    
2010    
2011    
2012    
2013    
2014 Gauchão Eliminado na primeira fase
2015 Gauchão Eliminado na primeira fase
2016 Gauchão Eliminado na primeira fase
2017 Gauchão Rebaixado