Esporte Clube Uruguaiana

Esporte Clube Uruguaiana

Foi fundado no dia 19/05/1912, com a fusão do Sport Clube Riachuelo e do Sport Clube Wanderers.

Sua sede é na Rua Marechal Deodoro, 1920 – CEP: 97500-420 – Uruguaiana – RS

 

CAMISA ANO 2005

 

Em 1920 disputou o Campeonato Gaúcho. O estado foi dividido em quatro regiões. Os campeões citadinos disputam os regionais. Os campeões regionais disputavam o campeonato gaúcho. Eram 4 regiões: Porto Alegre - São Leopoldo – Caxias do Sul, Pelotas – Bagé – Rio Grande, Cruz Alta e Uruguaiana – Livramento. A região de Cruz Alta não teve nenhum clube disputando. Todas as partidas foram disputadas em Pelotas. Então, o campeonato foi disputado pelo Grêmio, Uruguaiana e Guarany-BG. O Uruguaiana enfrentou o Grêmio no primeiro jogo (era jogo único) e venceu por 3x0, garantindo vaga na decisão contra o Guarany de Bagé. Nesse jogo,  perdeu por 1x0 e ficou com o vice-campeonato.

Em 1921 disputou o Campeonato Gaúcho. O estado foi dividido em quatro regiões. Os campeões citadinos disputam os regionais. Os campeões regionais disputavam o campeonato gaúcho. Eram 4 times representando as 4 regiões do estado: Grêmio (Metropolitana), Brasil de Pelotas (Sul), Uruguaiana (Fronteira) e Riograndense/SM (Centro). Antes de ingressar no Gauchão, o Uruguaiana venceu também o regional, contra o Quaraí, Guarani de Alegrete e 14 de Julho/SL . O Gauchão foi um quadrangular em turno único. Todas as partidas foram disputadas em Porto Alegre no campo do Grêmio. O clube que somasse o maior número de pontos seria declarado campeão. Em caso de empate, haveria uma partida extra. O Uruguaiana perdeu os três jogos: 0x1 Brasil-Pe, 1x4 Riograndense/SM e 0x1 Grêmio. Ficou na lanterna do quadrangular.

Em 1927, o Uruguaiana foi campeão citadino e participou do Regional (1x1 Guarany de Alegrete, porém posteriormente a FGF anulou o seu gol e o time foi desclassificado) que dava ao campeão uma vaga no Gauchão. Não conseguiu a vaga.

Em 1934 disputou o Campeonato Gaúcho. O estado foi dividido em cinco regiões. Os campeões citadinos disputam os regionais. Os campeões regionais disputavam o campeonato gaúcho. Eram 5 times representando as 5 regiões do estado: Internacional (Centro), 9°Regimento de Pelotas (litoral), Uruguaiana (Fronteira), Riograndense/CA (Serra) e Novo Hamburgo (Nordeste). Antes de ingressar no Gauchão, o Uruguaiana venceu também o regional (0x0 14 de Julho/SL e venceu na prorrogação por 1x0). O Gauchão foi disputado em jogos únicos e eliminatórios. Todos os jogos foram em Porto Alegre. O time da fronteira pegou de cara o Internacional e foi derrotado por 4x2, dando adeus a competição

Em 1937, o Uruguaiana participou do Regional (perdeu para o Grêmio Santanense) que dava ao campeão uma vaga no Gauchão. Não conseguiu a vaga

Em 1938 disputou o Campeonato Gaúcho. O estado foi dividido em cinco regiões. Os campeões citadinos disputam os regionais. Os campeões regionais disputavam o campeonato gaúcho. Eram 5 times representando as 5 regiões do estado: Renner/POA (Centro), Riograndense de Rio Grande (litoral), Uruguaiana (Fronteira), Riograndense/SM (Serra) e Guarany de Bagé (Sul). Antes de ingressar no Gauchão, o Uruguaiana venceu também o regional (venceu o Grêmio Santanense). O Gauchão foi disputado em jogos únicos e eliminatórios, sem a participação da dupla Gre-Nal. O time da fronteira pegou na fase preliminar o Riograndense/SM e perdeu por 6x4, sendo eliminado

Em 1940, o Uruguaiana participou do Regional (6x0 Independente de Alegrete) que dava ao campeão uma vaga no Gauchão. Por motivos desconhecidos, desistiu de participar do Gauchão

Em 1950 disputou o Campeonato Gaúcho. O campeonato seria disputado pelos campeões citadinos: Floriano/NH, Internacional, Uruguaiana e Brasil de Pelotas, em jogos únicos e em um único turno, onde o primeiro seria o campeão. Antes, o Uruguaiana venceu o regional (2x0 e 4x2 no Fluminense/SL, 1x4 e 0x1 para o Inter/SM). No estadual levou 3x0 do Brasil, empatou em 1x1 com o Inter e terminou perdendo para o Floriano por 2x0. Ficou em último no grupo

Em 1952 participou do Regional (contra o Bagé e o 14 de Julho/SL) que dava ao campeão uma vaga no Gauchão. Não conseguiu a vaga

Em 1953 disputou o Campeonato Gaúcho. O campeonato seria disputado pelos campeões regionais: Uruguaiana (Planalto), Brasil de Pelotas (litoral), Guarany de Bagé (Fronteira), Guarany/CS (Noroeste) e Internacional (Metropolitana). No estadual, o Uruguaiana enfrentou o Guarany/BG na fase preliminar (1x2, 4x1, 4x3). Na semifinal caiu diante do Brasil/PE (0x3 e 1x3).

Em 1955 disputou o Campeonato Gaúcho. O campeonato seria disputado pelos campeões regionais: Uruguaiana (Fronteira), Brasil de Pelotas (litoral), Cachoeira (Serra), Cruzeiro de São Gabriel (Sul) e Internacional (Metropolitana). O Uruguaiana enfrentou o Cruzeiro na fase preliminar e foi eliminado, após três partidas disputadas (2x1, 0x2 e 0x1)

Em 1966 foi vice-campeão estadual da Segunda Divisão, perdendo o título para o Gaúcho, após ter vencido o primeiro confronto das finais, em Uruguaiana, por 1 a 0. No segundo jogo, em Passo Fundo, o time da casa venceu por 5 a 0 no tempo normal e por 1 a 0 na prorrogação.

Em 1973 disputou a Copa Cícero Soares. Essa copa reunia somente times do interior. Eram 32 times divididos em 6 chaves, onde somente o campeão classificaria para dois triangulares. Os dois campeões estariam classificados para o Gauchão 1974. O Uruguaiana caiu no Grupo 2 ao lado de mais quatro equipes. Em 8 jogos, venceu 2, empatou 3 e perdeu três vezes. Foi o penúltimo colocado, sendo eliminado ainda na primeira fase. Detalhe negativo para a goleada de 5x0 sofrida pelo time frente ao Cachoeira. O detalhe positivo foi a goleada aplicada de 5x0 em cima do Guarany de Cachoeira do Sul, fora de casa.

Em 1974 disputou a Copa Governador do Estado (Copa Governador do Estado - Euclides Triches). O regulamento era 18 clubes do interior divididos regionalmente em 3 grupos. Os 4 primeiros classificavam-se para a fase final, onde juntavam-se com mais 5 clubes (Novo Hamburgo, Pratense, São José, Riograndense/RG e São Luiz) e o melhor levantava a taça. O Uruguaiana foi lanterna do grupo 2 (1V,2E,6D) e foi eliminado ainda na fase de grupos

Em 2003 disputou a Terceirona Gaúcha. Eram 7 clubes jogando em um único grupo, jogos de ida e volta, onde o primeiro seria o campeão e o segundo garantia vaga na segundona. O Uruguaiana foi o penúltimo colocado (1V,1E,8D)

Em 2004 disputou a Copa RS (Copa Colombo/LG). Essa competição disputada após o Gauchão trazia 28 equipes, distribuídas em 5 grupos, onde os 3 melhores iriam para as oitavas de final (exceção no grupo A classificava-se 4 times). O Uruguaiana ficou no grupo A ao lado de mais 5 times. Disputou 10 jogos.  Acabou na lanterna do grupo (1V, 9D) e foi eliminado.

TÍTULOS

Vice-Campeão Gaúcho  1920

Vice-Campeão Gaúcho 2ª Divisão: 1966

Campeão Citadino 2000

 

ESTÁDIO

Estádio Felisberto Fagundes Filho, com capacidade para 1.500 pessoas