Estrela Futebol Clube

Estrela Futebol Clube

Fundado em 17/11/1931 em Estrela

Em 1973 disputou a Copa Cícero Soares. Essa copa reunia somente times do interior. Eram 32 times divididos em 6 chaves, onde somente o campeão classificaria para dois triangulares. Os dois campeões estariam classificados para o Gauchão 1974. O Estrela caiu no Grupo 5 ao lado de mais quatro equipes. Em 8 jogos, venceu 4, empatou 3 e perdeu somente uma. Foi o segundo do Grupo e foi eliminado

Em 1975 disputou a Copa Governador do Estado. Foi disputada por 54 equipes do interior e dava vagas ao Gauchão do ano seguinte e as Copinhas disputadas no segundo turno (Cícero Soares e Pedro Carneiro Filho). Eram várias fases classificatórias até as finais. O Estrela foi bem, classificou-se para as finais onde caiu diante do Juventude. De quebra levou uma vaga no Gauchão do ano seguinte. Destaque para a goleada de 7x0 aplicada no Botafogo/FV

Em 1976 disputou o Campeonato Gaúcho. Foi disputado por 32 equipes: Ferrocarril, A.A Alegrete, Armour, Sá Viana, Juventude, Caxias, ASCF, Pradense, Santa Rosa, Atlético/CAR, Aimoré, Esportivo, Cruzeiro/PA, Atlântico, Estrela, Inter, Inter/SM, Inter/SB, Pelotas, São José, São Luiz, Riograndense/RG, Farroupilha, Guarany/GAR, Grêmio, Bagé, Juventude de Guaporé, Guarany/BG, Lajeado, Gaúcho, Tupy e Ypiranga. O regulamento era: Grêmio e Internacional ficaram fora da primeira fase do campeonato, os outros 30 clubes foram divididos em 6 grupos, onde os três primeiros se classificavam para a fase final, que teria 20 times, em jogos somente de ida, onde os 4 primeiros jogariam em dois turnos todos contra todos. Os vencedores de cada turno fariam a final. Caso o mesmo time vencesse os dois turnos, ganhava o direito de ser campeão com dois empates ou apenas uma única vitória. O Estrela ficou em terceiro colocado no grupo D (4V,4D) e classificou-se para a fase final, onde ficou em oitavo (7V, 5E, 7D)

Em 1977 disputou o Campeonato Gaúcho. Foi disputado por 24 equipes: Brasil/PE, AESA, 14 de Julho/PF, São Borja, Juventude, Caxias, ASCF, Cachoeira, São Paulo, Atlético/CAR, Esportivo, Cruzeiro/PA, Estrela, Inter, Inter/SM, Novo Hamburgo, Pelotas, São Luiz, Riograndense/SM, Grêmio, Bagé, Guarany/BG, Gaúcho e Ypiranga. O regulamento era: dois grupos com 12 times cada. Os vencedores classificavam para uma final do turno. Os 22 times que sobravam faziam um mata-mata (segundo contra segundo, terceiro contra terceiro...). Aí formava a classificação geral do primeiro turno. Depois era feita uma repescagem com os times da posição 8 até 18 (divididos em dois grupos de 5). Os dois campeões classificava para o decagonal final, em dois turnos, com os 8 primeiros. Os ganhadores de cada turno fariam a finalíssima.  O Estrela ficou na lanterninha da primeira fase (1V, 3E, 9D) e foi eliminado

Em 1978 disputou a Copa Rubens Hoffmeister. Essa copa reunia somente times do interior. Eram 15 times divididos em 4 chaves com 4 times cada (um dos grupos tinha só 3 times). Os dois primeiros de cada grupo iriam fazer um octogonal (onde 4 iriam para o hexagonal final). Os perdedores iriam para outro grupo, onde dois iriam para o hexagonal final. Os dois campeões estariam classificados para a fase final do Gauchão 1978. O Estrela caiu no Grupo 2 ao lado de mais três equipes. Em 6 jogos, venceu 3, empatou 2 e perdeu 1 vez. Foi o segundo do Grupo e classificou-se para o Grupo E (Grupo dos Perdedores). Na disputa do Grupo, ficou em sexto. Em 12 jogos, venceu 3, empatou 6e perdeu 5 vezes. Com isso, foram eliminados do torneio. Disputou ainda o confuso Gauchão, vencido pelo Inter.

Em 1979 disputou o Campeonato Gaúcho. Foi disputado por 20 equipes: Brasil/PE, Farroupilha, 14 de Julho/PF, São Borja, Juventude, Caxias, Cachoeira, São Paulo, Avenida, Esportivo, Estrela, Inter, Inter/SM, Novo Hamburgo, Pelotas, Riograndense/SM, Grêmio, Bagé, Guarany/BG e Gaúcho. O regulamento era: Todos contra todos em um turno e returno. Os campeões de cada turno e os 6 melhores, somando os dois turnos, iam para o octogonal final, onde o primeiro seria o campeão. Vale destacar que os 4 primeiros do octogonal ganhavam vaga para o Brasileiro Série A 1980 e o quinto ao oitavo ganhavam vaga na Série B nacional.  O Estrela ficou em 14° no primeiro turno (3V, 8E, 8D) e 17° no segundo turno (3V, 6E, 10D), sendo eliminado do campeonato

Em 2005 disputou a Copa RS (Copa Big/Brasil Telecom). Eram 28 times divididos em 4 grupos, onde 16 times passariam para a segunda fase, onde seriam divididos em 4 grupos. Os dois primeiros de cada iam para as quartas de final. O Estrela caiu no Grupo C ao lado de outros 6 times. Fez uma péssima campanha e ficou na lanterninha do grupo (4E, 8D) , sendo eliminado da competição.

Em 2013 jogou a Copa FGF (Copa Willy Sanvitto). Eram 16 times disputando jogos em mata-mata desde o inicio. Na primeira fase, se o escore do visitante for igual ou superior à 2 gols, não há jogo de volta. O Estrela enfrentou de cara o time sub-23 do Internacional  e levou uma humilhante goleada de 11x0, sendo eliminado. Depois disputou o Campeonato da Região Serrana. Eram 6 times participando. O campeão ganhava uma vaga na Supercopa Gaúcha. Os times ficaram em apenas um grupo, onde os 4 melhores fariam as semifinais. Eram dois turnos. Os campeões de cada turno fariam a final. No primeiro turno, o Estrela ficou em último com 5 derrotas. No segundo turno, voltou a ser lanterna com outras 5 derrotas. Uma temporada trágica para o clube que tentava voltar as atividades profissionais.