Grêmio Esportivo Glória

Grêmio Esportivo Glória

Fundado em 15/11/1956 na cidade de Vacaria

 

 

Na decada de 60, jogou como amador. Venceu vários Torneios: Taça Confraternização Municipal 1961, Taça Cidade de Antônio Prado 1962, Taça Duque de Caxias 1963, Torneio Rádio Esmeralda 1964/1967 e Dia do Futebol 1966

Em 1965 vence seu primeiro Citadino e a Chave 2 do Estadual de Amadores

Em 1967 o clube fundiu-se com a Sociedade Esportiva Avenida, formando a Associação Glória Vacaria, fusão que durou até 1970

Em 1974/75 é bicampeão citadino e novamente da Chave 2 do Estadual de Amadores em 1974

Em 1976 reingressa como profissional e disputa a Copa Governador do Estado

Em 1979, após dois anos parado, joga a Terceirona Gaúcha

Em 1980 venceu a Chave 4 da Copa Cicero Soares e é promovido para a Segundona Gaúcha, porém volta a se licenciar.

Em 1981 a 1984 é tetracampeão citadino. Em 1984 venceu a Taça Imobiliaria Branco

Em 1985 disputou a Terceirona Gaúcha. Eram 15 clubes divididos em 4 grupos, onde os 3 primeiros se classificavam para a segunda fase. O mais curioso desse regulamento da primeira fase é que dois grupos tinham só 3 equipes, ou seja, já estavam classificados. Foi o que aconteceu com o Glória que caiu no grupo 3 ao lado do Brasil de Farroupilha e Igrejinha. Ficou em último com 2 pontos (2E,2D) e seguiu em frente. Na segunda fase foi o quinto do seu grupo (9 pontos) e foi eliminado

Em 1988 é campeão da Segundona

Em 1989 disputou a elite do Campeonato Gaúcho pela primeira vez. Foi disputado por 14 equipes: Lajeadense, Inter/SM, Juventude, Novo Hamburgo, Grêmio, Glória, Passo Fundo, Caxias, Esportivo, Aimoré, Inter, Pelotas, Santa Cruz e São Paulo/RG.  O Glória fez uma ótima campanha e terminou em 4°. Ainda disputou o Campeonato Brasileiro Série B disputado por 96 equipes, os times foram divididos em 16 grupos de seis equipes,com os dois primeiros de cada grupo se classificando para as fases seguintes,disputadas em modo eliminatório. O Glória caiu no grupo O, ao lado de Blumenau, Brusque, Juventude, Marcilio Dias e Esportivo. Em 10 jogos somou 12 pontos (4V, 4E, 2D). Ficou com o mesmo número de pontos que o segundo colocado Juventude, porém com uma vitória a menos. Foi eliminado

Em 1990 disputou o Campeonato Gaúcho. Foi disputado por 14 equipes: Lajeadense, Ypiranga, Juventude, Novo Hamburgo, Grêmio, Glória, Passo Fundo, Caxias, Esportivo, Aimoré, Inter, Pelotas, Santa Cruz e Guarany/CA. Nesse ano o regulamento mudou de novo. No primeiro turno e segundo turno, em jogos únic os, os dois primeiros de cada turno ganhavam vaga na semifinal. Caso algum clube estivesse entre os dois primeiros nos dois turnos, os classificados seriam apontados nos melhores da classificação geral. Essa classificação geral também apontava os dois rebaixados. O campeão e o vice ganhavam vaga na Copa do Brasil do ano seguinte. O Glória fez uma campanha muito fraca (7V,10E,9D) terminando em 10°

Em 1991 disputou o Campeonato Gaúcho. Novamente sofreu um inchaço de clubes e foi disputado por 20 equipes: Lajeadense, Guarany/CA, Ypiranga, Juventude, Grêmio, Glória, Passo Fundo, Caxias, Esportivo, Inter, Pelotas, Santa Cruz, São Luiz e Guarani/VA. Foram incluídos: São Paulo,  Aimoré, Brasil/Pe, Novo Hamburgo (classificados da Copa Cidade de Porto Alegre), Ta-guá e Dínamo/SR (classificados da Copa Aneron Corrêa de Oliveira). Nesse ano o regulamento era o seguinte: dois grupos com 10 times se enfrentam em turno e returno. Os oito melhores na classificação geral classificam para dois quadrangulares, onde os vencedores de cada um deles fariam a finalíssima. Nesse ano não houve rebaixamento. O Glória se classificou para esses quadrangulares, sendo 6° do grupo B (6V,9E,4D). No quadrangular ficou em 3° no grupo B (1V, 3E, 2D) e não foi para a final

Em 1992 disputou o Campeonato Gaúcho. Novamente com um inchaço de clubes, dessa vez sendo disputado por 22 equipes: Inter/SM, Lajeadense, Guarany/CA, Ypiranga, Juventude, Grêmio, Glória, Passo Fundo, Caxias, Esportivo, Inter, Grêmio Santanense, Pelotas, Santa Cruz, São Luiz, Guarani/VA, São Paulo, Aimoré, Brasil/Pe, Novo Hamburgo, Ta-guá e Dínamo/SR. Nesse ano o regulamento era o seguinte: dois grupos com 11 times se enfrentam em turno e returno. Os quatro melhores de cada grupo fazem dois quadrangulares, onde os vencedores de cada um deles fariam a finalíssima. Nesse ano, novamente, não houve rebaixamento. O Glória ficou em 3° no grupo B (10V,5E,6D). Classificou-se para o quadrangular, onde ficou em 4° no grupo B (1V,2E,3D)

Em 1993 disputou o inchado Campeonato Gaúcho, dessa vez sendo disputado por 24 equipes: Guarany/GA, Brasil de Farroupilha, Inter/SM, Lajeadense, Guarany/CA, Ypiranga, Juventude, Grêmio, Glória, Passo Fundo, Caxias, Esportivo, Inter, Grêmio Santanense, Pelotas, Santa Cruz, São Luiz, Guarani/VA, São Paulo, Aimoré, Brasil/Pe, Novo Hamburgo, Ta-guá e Dínamo/SR. Nesse ano o regulamento era o seguinte: as 22 equipes do interior jogam se enfrentam em turno/returno. Classificam as 14 primeiras colocadas que se somam a dupla grenal. As 16 equipes formam 4 grupos com 4 equipes, onde os dois primeiros classificam para um octogonal. O campeão desse octogonal levanta a taça. Seriam rebaixados os dois últimos na primeira fase. O Glória fez uma boa campanha e ficou em 4° (8V,10E,3D), garantindo vaga na segunda fase

Em 1994 disputou o campeonato Gaúcho, dessa vez sendo disputado por 23 equipes: Guarany/GA, Bagé, Brasil de Farroupilha, Inter/SM, Lajeadense, Guarany/CA, Ypiranga, Juventude, Grêmio, Glória, Passo Fundo, Caxias, Esportivo, Inter, Grêmio Santanense, Pelotas, Santa Cruz, São Luiz, Guarani/VA, São Paulo, Aimoré, Brasil/Pe e Veranópolis. Esse foi o campeonato mais longo da história, durou de março a dezembro. Cada equipe fez incríveis 44 jogos. Nesse ano o regulamento era bem simples: todos contra todos em turno e returno e o primeiro levantava o caneco, porém houve uma espécie de rebaixamento em massa, pois o regulamento dizia que do 15 ao 23° iriam jogar a Segundona do ano seguinte. O Glória fez uma ótima campanha, ficou em 4° e garantiu presença na elite do próximo ano (18V,16E,10D)

Em 1995 ganhou a Seletiva para a Serie C, mas abriu mão de participar. Nesse ano disputou o Campeonato Gaúcho (nesse ano teve uma grande confusão, pois a elite foi dividida em Série A e B. A Série B era uma Divisão Intermediaria. Os clubes eram campeões de seus grupos e subiram para a “primeira divisão” no mesmo ano. Em tese seria a atual Segundona. Também teve a 2°divisão, que é em tese seria a atual Terceirona). A “Série A” foi disputado por 14 equipes: Guarani-VA, Juventude, Pelotas, São Luiz, Santa Cruz, Brasil/PE, Glória, Grêmio, Grêmio/SL, Brasil-Far, Caxias, Inter, Veranópolis e Ypiranga. A “Série B” tinha 10 equipes: Guarany/GA, Inter/SM, Passo Fundo, Atlético de Carazinho, 15 de Campo Bom, Esportivo, Lajeadense, Aimoré, Bagé e Guarany/CA. Nesse ano o regulamento era: Na Série A todos contra todos em turno e returno. Os 6 primeiros se classificam para o octogonal final junto com os dois primeiros da “série B” (Esportivo e Atlético de Carazinho que classificaram). Na série B todos jogam contra todos e os 6 primeiros se classificam para formar dois grupos com 3 times, onde os vencedores disputam o octogonal. O octogonal seria dividido em dois grupos de 4 onde os vencedores fariam a final. O rebaixamento seria disputado em um torneio da Morte entre os quatro últimos da “Série B”. O Glória fez uma campanha regular e ficou em 7° da “Série A” (8V,10E,8D).

Em 1996 disputou o Campeonato Gaúcho (nesse ano repetiu-se a fórmula do ano anterior, com 14 times na Série A e 14 times na Série B). A “Série A” participou: Guarani-VA, Atlético de Carazinho, Esportivo, Juventude, Pelotas, São Luiz, Glória, Grêmio, Grêmio/SL, Brasil-Far, Caxias, Inter, Veranópolis e Ypiranga.  A “Série B” tinha: Guarany/GA, Inter/SM, Passo Fundo, Santa Cruz, Brasil/PE, 15 de Campo Bom, Palmeirense, Aimoré, Santo Ângelo, Taquariense, 14 de Julho/SL, Rio Grande, São Paulo e Pratense. Nesse ano o regulamento era: Na Série A eram dois grupos em jogos entre grupos (turno) e dentro dos seus grupos (returno). O primeiro de cada grupo (turno e returno) se classifica direto para o octogonal final junto com o quinto e sexto colocado da classificação geral. Na série B são dois grupos, onde os 4 primeiros classificam para um octogonal (aqui são divididos em dois grupos de quatro, onde o primeiro ia para a fase final do gauchão – Santo Ângelo e Brasil/Pe). O rebaixamento seria disputado em um torneio da Morte entre os quatro últimos da “Série B”. O Glória fez uma boa campanha  e ficou em 4° na classificação geral da “Série A” (6V,2E,5D) e classificou para o octogonal final. Na fase final foi último do grupo 2 (2E,4D) e despediu-se da competição

Em 1997 disputou a Copa Galego. Eram 12 times divididos em dois grupos, onde os 4 primeiros de cada grupo se classificariam para a segunda fase, onde seria formado dois novos grupos de 4 times. Os campeões desses grupos fariam a final da competição. O Glória ficou no grupo 2 e foi o segundo (4V, 2E, 4D). Classificou-se para a segunda fase, onde acabou ficando em primeiro no novo grupo formado (3V, 2E, 1D). Com isso foi para a final da competição. A final foi contra o São Luiz em dois jogos. O primeiro fora de casa foi goleado por 4x0. No segundo, empatou em 1x1 e ficou com o Vice-Campeonato da Copa Galego. Ainda disputou o Campeonato Gaúcho (nesse ano repetiu-se a fórmula do ano anterior, com 14 times na Série A e 14 times na Série B - Os melhores colocados da B sobem no mesmo ano para a fase final da Série A). O Glória fez uma boa campanha na “Série A”. Na primeira fase, onde todos se enfrentam, foi o 9°colocado (5V,2E,6D), com o mesmo número de pontos do último classificado, e acabou sendo eliminado

Em 1998 disputou o Campeonato Gaúcho "Divisão A". O Glória chegou as quartas de final onde foi eliminado pelo Juventude, perdendo os dois jogos - 0x1 casa e 0x2 em Caxias. Foi rebaixado para a "Divisão B". Nesse ano disputou a Copa Abilio dos Reis. Eram 9 times em jogo turno e returno. Os 4 primeiros ganhariam o direito de jogar o Gauchão 1999. O Glória ficou na lanterna (3V, 5E, 8D).

Em 1999 disputou o Campeonato Gaúcho “Divisão B” mas não chegou as finais

Em 2002 fica em segundo lugar na Segundona e retorna a elite

Em 2003 disputou o Campeonato Gaúcho. Os 18 times dividiram-se em 2 grupos: no grupo 1 participaram: Grêmio, Internacional, Juventude e Caxias. Os times jogaram em turno e returno - os 2 primeiros avançaram às semifinais. No grupo 2, participaram os outros 14 times - 2 times avançaram às semifinais. Os 2 últimos colocados deste grupo foram rebaixados. Nas semifinais, o 1º colocado de um grupo enfrentou o 2º colocado do outro em jogos de ida e volta - o vencedor de cada confronto avançou às finais. As finais também foram disputadas em jogos de ida e volta. O Glória ficou em 4° (12V,6E,8D) e foi eliminado

Em 2004 disputou o Campeonato Gaúcho. O Grupo 1 foi formado pelas duplas Grenal e Caju e os quatro primeiros colocados do campeonato de 2003 (Santa Cruz, 15 de Campo Bom, São Gabriel e Glória). Esses oito clubes são divididos em duas chaves. Os dois primeiros de cada chave fazem as semifinais e os vencedores de fazem a final do Grupo e estão classificados para a semifinal do Campeonato Gaucho de 2004. Após o encerramento dos jogos do Grupo 1, os quatro primeiros colocados do Grupo 2/2003 são integrados ao Grupo 2, formado ainda pelas demais 10 equipes. Turno e returno. Os dois primeiros passam para a semifinal do Campeonato Gaucho de 2004. O Glória ficou em 2° na chave 2 (4V,3E,1D) e classificou-se para as semifinais, onde foi eliminado pelo Grêmio (0x1 casa e 1x2 fora). Disputou o Grupo 2 e foi muito bem ficando em 2° (14V,8E,4D) e garantiu classificação para as semifinais onde caiu diante do Internacional nas penalidades, após empatar em 2x2 no tempo normal, em pleno Beira-Rio. Teve Sandro Sotilli artilheiro do campeonato com 27 gols. Conquistou a vaga na Copa do Brasil do ano seguinte, mas teve que abrir mão de participar por falta de dinheiro

Em 2005 disputou o Campeonato Gaúcho. Foi disputado por 18 clubes divididos em 3 grupos de 6. Classificam-se os 3 primeiros do grupo 1 e 2  mais os dois primeiros do grupo 3. Esses 8 classificados formam dois grupos, onde o primeiro de cada fazem as finais. Os rebaixados serão apontados na Copa Emidio Perondi. O Glória foi o primeiro do grupo 1 com 20 pontos (6V,2E,2D), cinco a frente do vice Internacional e classificou-se. Na segunda fase caiu no grupo de Inter, Veranópolis e Juventude. Foi o segundo e foi eliminado (3V,1E,2D). Então disputou a Copa Emidio Perondi. Eram 14 times divididos em 2 grupos, onde os 2 primeiros de cada classificava para as semifinais. O Glória caiu no grupo B ao lado de 6 times. Ficou em segundo (6V, 2E, 4D) e classificou-se para as semifinais onde enfrentou o Novo Hamburgo e perdeu a primeira partida por 1x0 e a segunda por 5x0, dando adeus ao título. Ainda disputou o Brasileirão Série C. Seu regulamento era de: 63 times divididos em 16 grupos, sendo 15 com 4 e um com 3 clubes na primeira fase, classificando-se os dois melhores de cada grupo para a segunda fase. Nas segundas, terceiras e quartas fases as equipes se enfretavam-se em mata-mata e os últimos 4 que sobravam disputariam uma fase de turno e returno cujo os 2 melhores subiam a Série B de 2006. O Glória caiu no grupo 16 ao lado de Gaúcho, Atlético de Ibirama/SC e Marcílio Dias/SC. Fez ótima campanha e venceu o grupo (4V,1E,1D). Na fase seguinte enfrentou o Joinville em dois jogos. No primeiro perdeu por 3x1. Jogando na pressão foi para o segundo jogo precisando reverter a situação. Ficou num pobre 0x0 e deu adeus a competição.

Em 2006 disputou o Campeonato Gaúcho. Foi disputado por 18 clubes divididos em 3 grupos de 6. Classificam-se os 3 primeiros do grupo 2 e 3  mais os dois primeiros do grupo 1. Esses 8 classificados formam dois grupos, onde o primeiro de cada fazem as finais. Os rebaixados serão apontados na Copa Emidio Perondi. O Glória foi o quinto do grupo 3 (3V,2E,5D) e foi eliminado. Então disputou a Copa Emidio Perondi. Eram 10 times dividos em dois grupos de 5 times. O campeão de cada grupo faziam a final e o últimos de cada grupo seria rebaixado a Segundona Gaúcha. O campeão garantiria vaga na Série C do mesmo ano. O Glória ficou em terceiro no Grupo A (3V, 2E, 3D) e foi eliminado.

Em 2007 disputou o Campeonato Gaúcho. Foi disputado por 18 clubes divididos em 2 grupos de 9. O campeão de cada grupo passa às semifinais, o 2º e o 3º passam à Segunda Fase; os dois últimos de cada grupo são rebaixados. O Glória foi desastroso no grupo 1: em 16 jogos venceu apenas 2 e levou 26 gols. Resultado: penúltimo colocado e rebaixado para a Segundona

Em 2016 foi rebaixado para a Segundona

 

TITULOS

Campeão Gaúcho - 2ª Divisão 1988

Vice-campeão Gaúcho - 2ª Divisão 2002

Vice-campeão Copa Galego 1997

Campeão Citadino em 1965, 1968, 1974, 1975, 1981, 1982, 1983, 1984

 

ESTÁDIO

O Estádio Altos da Glória foi inaugurado em 15/11/1973, com a realização de um torneio entre os sócios do clube. Tem capacidade para 8000 pessoas.

Fonte: http://www.gloriadevacaria.com.br/