Pedrabranca Futebol Clube (Ex-RS FC)

Pedrabranca Futebol Clube (Ex-RS FC)

 

Fundado em 01/01/2001, na cidade de Alvorada, como RS Futebol. Em 2008 virou Pedrabranca FC.

 

 

 

Camisa ano 2011

 

O RS Futebol era uma sociedade entre o ex-jogador e treinador Paulo César Carpegiani e o empresário Valdir de Oliveira Silveira, conhecido como Foguinho

Em 2002 disputou a Terceirona Gaúcha. Eram 7 clubes jogando em um turno e returno. As sete equipes se enfrentaram num sistema todos-contra-todos e turno-e-returno. O Campeão do 1º Turno enfrenta o campeão do 2º Turno, consolidando uma vaga para a segunda divisão de 2003. A outra vaga, vai pelo quadrangular final, que é formado pelas quatro melhores equipes da classificação geral com a exceção do vencedor da final entre-turnos. O RS foi o campeão do segundo turno e disputou a final contra a ULBRA. Venceu o primeiro jogo por 2x1 em casa. Na decisão fora de casa perdeu por 1x0. Nas penalidades perdeu de novo (7x6) e ficou com o vice-campeonato. Na geral foi o segundo e ganhou direito de disputar o quadrangular em busca de uma vaga para a Segundona. Sobrou frente aos outros times e acabou sendo campeão (5V,1E) garantindo o acesso.

Em 2003 foi campeão da Segundona. Nesse ano faria uma campanha fenomenal no Brasileirão Série C. Seu regulamento era de: 93 times divididos em 28 grupos de 4, 3 e 5 clubes na primeira fase, classificando-se os dois melhores de cada grupo para a segunda fase. Nas segundas, terceiras e quartas fases as equipes se enfretavam-se em mata-mata e os últimos 4 que sobravam disputariam uma fase de turno e returno cujo os 2 melhores subiam a Série B de 2004. O RS caiu no grupo 28 ao lado do Pelotas, Brasil e São José. Foi o primeiro colocado (4V,1E,1D) e classificou-se (destaque para os 4x0 no Pelotas e 3x0 no São José). Na segunda fase eliminou a ULBRA ao vencer os dois jogos 1x0 e 2x1. Na terceira fase pegou o Pelotas novamente e levou vantagem (1x0 e 0x0). Na quarta fase enfrentou o paulista Ituano. A primeira partida deu 3x1 para os gaúchos. Na segunda partida, os paulistas devolveram o placar e a vaga foi decidida nos penaltis e os gauchos perderam por 4x3. Porém, foi o melhor dos eliminados e ganhou o direito de continuar na competição. Enfrentou novamente o Ituano e não deu de novo (2x1 e 1x3). Foi eliminado da competição pelo time que mais tarde seria o campeão.

Em 2004 disputou a Copa RS (Copa Colombo/LG). Essa competição disputada após o Gauchão trazia 28 equipes, distribuídas em 5 grupos, onde os 3 melhores iriam para as oitavas de final (exceção no grupo A classificava-se 4 times). O RS ficou no grupo D ao lado de mais 4 times. Disputou 8 jogos.  Acabou em segundo no grupo (3V, 2E, 3D) e classificou-se para as oitavas de final onde enfrentou o Gaúcho, perdeu por 3x0 em casa no primeiro jogo e venceu o segundo por 2x0 em Passo Fundo, dando adeus a competição

Em 2005 disputou a Copa RS (Copa Big/Brasil Telecom). Eram 28 times divididos em 4 grupos, onde 16 times passariam para a segunda fase, onde seriam divididos em 4 grupos. Os dois primeiros de cada iam para as quartas de final. O RS caiu no Grupo A ao lado de outros 8 times. Ficou em sétimo do grupo (4V, 5E, 7D) e foi eliminado. Destaque positivo foi a goleada aplicada no Grêmio B por 5x1.

Em 08/08/2008, o RS foi extinto e virou Pedrabranca FC. Aqui foi revelado o meia Ederson e os zagueiros Thiago Silva e Naldo.

Em 2011 disputou a Copa FGF (Copa Laci Ughini). Eram 22 times divididos em três grupos com jogos turno e returno. Classificam-se os cinco primeiros de cada grupo mais o melhor sexto colocado. O campeão levava ainda uma vaga na Série D 2012 e o vice uma vaga na Copa do Brasil 2013. O Pedra Branca caiu no grupo 1, ficou na lanterna (1V, 5E, 8D) e foi eliminado

 

TÍTULOS

  • Vice-campeão da Terceirona Gaúcha 2002
  • Campeão da Segundona Gaúcha 2003

 

ESTÁDIO

Estádio Morada dos Quero-Queros com capacidade para 3000 pessoas